sábado, 8 de julho de 2017

CEADEB: O ÍNDICE DE REJEIÇÃO DO PASTOR VALDOMIRO PEREIRA



Uma pessoa rejeitada é uma pessoa não aceita, desaprovada, desacreditada por algum fato ou situação. Geralmente, líderes incompetentes e corruptos são rejeitados por seus liderados. Percebemos isso, principalmente, na política, onde homens e mulheres eleitos para representarem os cidadãos e cidadãs de uma sociedade, descambam no abismo da corrupção. Não é diferente no âmbito eclesiástico!

Ser rejeitado por incompetência e desonestidade é desonroso para qualquer líder. E se esse líder for pastor, uma gama de agravantes seguem a rejeição

Quando um pastor assume a presidência de um Campo, uma pesada carga de responsabilidades e obrigações é depositada em seus ombros – quem pensa que é fácil está enganado. Estudos mostram que é grande o número de pastores que têm abandonado o ministério pastoral todos os meses. Dentre os diversos motivos que contribuem para essa triste realidade estão o sentimento de solidão e o esgotamento espiritual. 

Diante de tantas dificuldades, se o pastor não for um líder competente e honesto, o estrago pode extrapolar a esfera pessoal e atingir uma área muito maior: uma Congregação, um Campo ou mesmo uma Denominação inteira.

Pastorear uma Congregação é muito gratificante, porém não é fácil. Ser pastor presidente de um Campo é ainda mais difícil, pois envolve muitas Congregações, além do grande número de membros e obreiros com os quais precisa lidar. É preciso realmente ter chamado de Deus para essa tarefa. E o que dizer de um pastor presidente de uma Convenção?  

A CEADEB (Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Estado da Bahia) é uma das maiores Convenções do Brasil, pois é responsável por uma grande quantidade de Campos e de Ministros (pastores e evangelistas) – Imagine o grande número de Congregações, membros, auxiliares, diáconos, presbíteros, missionários e missionárias! Portanto, se o presidente de uma Convenção como a CEADEB não tiver chamado de Deus para tal função, o melhor é desistir do cargo, a fim de evitar prejuízos para a sua vida pessoal e espiritual, e, principalmente, para a Igreja do Senhor Jesus Cristo. Se a incompetência e a desonestidade forem somadas à falta de chamado, a situação se agrava ao extremo. 

Diante do exposto, manifesto a minha imensa admiração pelo Rev. Pastor Valdomiro Pereira da Silva, líder competente, honesto, sábio, responsável, que, atendendo ao chamado de Deus, assumiu há alguns anos a presidência da CEADEB e a transformou, com muita lisura e dedicação, na Organização que é hoje, para o nosso orgulho e para a glória de Deus.

Quanto a rejeição do Pr. Valdomiro Pereira da Silva, não creio que ela exista, ainda que em pequena escala. Ao contrário, o que ouço e vejo entre os companheiros, é uma mistura de elogios e satisfação. Mesmo porque, fazer oposição a um líder levantado por Deus, que honra o chamado e luta pela organização que representa é, no mínimo, insano.  

Parabéns, nobre Rev. Pastor Valdomiro Pereira da Silva, tanto pela recente passagem do teu aniversário quanto pela excelência dos serviços prestados ao nosso Deus e à nossa CEADEB!  


PASTOR HAFNER
Itabuna  –  Bahia