sexta-feira, 17 de julho de 2015

O DIABO NÃO É O SENHOR DO INFERNO


Uma das maiores mentiras do cinema e da TV já incorporadas em nossa cultura popular é que o inferno é o reino dos demônios, do Diabo, de Satanás. Somos bombardeados por imagens de demônios com chifres, de corpos vermelhos e que passeiam pelo inferno felizes e radiantes "infernizando" a vida de pessoas que são enviadas para lá.

Crescemos com a imagem de demônios aterrorizantes que vivem no inferno como se estivessem em um grande parque de diversões... O inferno nos é mostrado como o lugar onde Satanás se diverte, se alegra com seus demônios na tarefa de atormentar seres humanos perdidos que morreram longe de Deus. Com isso, somos ensinados a termos medo dos "monstros vermelhos e assustadores” que, em nossas imaginações, construíram no inferno o seu reinado.

De onde essa concepção foi tirada? Onde os Cristão encontram respaldo para acreditar que o inferno está entregue nas mãos de Satanás e dos demais demônios? Em que Bíblia encontramos Satanás como um ser forte que reina sobre o inferno, comandando e punindo para Deus aqueles que não servem a Deus?

Ora, Satanás não controla o inferno, não reina sobre o inferno, pois, o próprio inferno para ele é sinônimo de condenação. O inferno não é um lugar onde Satanás se diverte ao condenar o homem, não, o inferno é lugar de tormento, de sofrimento, um lugar onde Satanás, o Diabo e seus demônios terão seu aprisionamento e final condenação.

Inferno é lugar de prisão eterna, lugar de separação de Deus e o lugar onde 1/3 dos anjos, aqueles que foram expulsos do céu e hoje são chamados de demônios, sofrerão as consequências por terem se rebelado contra Deus. No inferno, demônios não poderão atormentar ninguém, pois, eles serão para sempre atormentados... No final dos tempos, esse mesmo inferno será lançado no lago de fogo que arde para todo o sempre, e essa será a consumação final dos planos de Deus para Satanás, o Diabo e todos os seus demônios, os anjos caídos.

Segundo a Bíblia, o inferno é ainda o lugar onde todas as pessoas que durante as suas vidas não seguiram a Deus serão lançadas como forma de condenação para estarem para sempre separadas de Deus. Por essa concepção, vemos no inferno o lugar onde tanto os demônios, Satanás, o Diabo e os seres humanos que não seguirem ao Senhor Jesus Cristo serão aprisionados eternamente.

Quem então é o Senhor do inferno? Deus, sim, Ele mesmo! Deus é o Senhor de todas as coisas, e não há nada que exista que não esteja debaixo de seu poder e supremo controle. Deus criou todas as coisas e as destinou cada qual com um fim. Deus comanda os Céus, a terra, o inferno e tudo o que venha a existir.

Na verdade, Satanás, o Diabo e os demônios, tentam sem sucesso estabelecer seu trono na terra, pois, é exatamente aqui que tais seres habitam buscando a destruição da obra de Deus. Satanás luta arduamente para destruir a criação, e assim impedir que Deus receba glória através dela. O Diabo luta contra a igreja e mantém seus demônios trabalhando o tempo todo para afastar o homem de Deus.

O grande objetivo de Satanás com tudo isso é afrontar ao Criador, tocando na principal obra de sua criação, o homem, levando consigo o máximo deles para seu mesmo destino, o inferno e a condenação eterna.

Terminando a concepção do Senhorio de Deus até mesmo sobre o inferno, Jesus nos afirma que após ter morrido na Cruz e ressuscitado, conquistou definitivamente e para todo o sempre as chaves da morte e do inferno, o que significa que, Jesus após ressuscitar passou a ter o poder de impedir que o homem seja condenado e vá para o inferno, ou seja, Jesus recebeu o poder para fechar as portas do inferno e impedir que o homem seja então condenado. 

Quando Jesus afirma que tem as chaves da morte e do inferno nas mãos, Ele não está dizendo que antes dEle o inferno era governado pelo Diabo. Não é isso que Ele afirma. Essa afirmação significa que a partir da ressurreição, Jesus é quem tem nas mãos o poder de ditar quem vai e quem não vai para lá. Com essas palavras a Bíblia está nos revelando que Jesus, através de seu sacrifício, assumiu o senhorio absoluto sobre a morte, sobre o inferno e por conseqüência, o controle total sobre toda a vida. Entender isso é descobrir que Cristo pode livrar o homem da morte, livrá-lo do inferno e ainda dar vida eterna a todo aquele que nEle crê, se arrepende de seus pecados e faz dEle o Senhor de suas vidas.

Satanás, o Diabo e seus demônios, constituíram uma forma fracassada de reino sobre a terra, com o único intuito de não serem condenados sozinhos, arrastando para a condenação eterna o homem, criado a imagem e semelhança de Deus. Com isso Satanás busca atacar a Deus, mas, como Deus é Senhor absoluto de tudo, para Satánas, resta ser senhor de nada.


Textos para conhecer:

“Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo.” (2 Pedro 2:4).

“E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.” (Apocalipse 12:9).


Jesus diz: “Sou o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno”. (Apocalipse 1:18).

“E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.” (Apocalipse 20:14).

“Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também”. (Salmos 139:7-8).

“O inferno e a perdição estão perante o SENHOR; quanto mais os corações dos filhos dos homens?” (Provérbios 15:11).

“Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.” (Apocalipse 12:12).

“E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.” (Apocalipse 20:10).


Fonte: BLOG DO ALVARO (CLIQUE AQUI para ler o texto original).