terça-feira, 18 de julho de 2017

4 SEGREDOS QUE OS PROFESSORES DE ENSINO BÁSICO NÃO CONTAM


Por Julia Moióli 


1) “Sabemos o que rola na casa dos alunos” — As crianças (especialmente as mais novas) contam tudo. Uma professora nos contou que ela sabe quando os pais de um aluno quebram o pau – e por quê. Outro motivo de piada no corpo docente é quando os pais chegam nas reuniões dizendo “meu filho é tão ansioso/agitado/fala alto! Não sei a quem ele puxou…” Os professores sabem bem quem ele puxou.

2) “Na educação infantil, a rede pública é melhor que a particular” pelo menos quanto à formação dos professores. Em creches e escolas públicas, o percentual de docentes com ensino superior é maior e os currículos são mais adequados às determinações da lei, de acordo com um estudo do movimento sem fins lucrativos Todos pela Educação. A vantagem se estende aos primeiros anos do ensino fundamental.

3) “O nosso estresse contamina o aluno” — Depois de analisar a saliva de 400 crianças e jovens com idade entre 4 e 14 anos, pesquisadores da Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, concluíram que o nível de cortisol era maior nas turmas em que os professores sofriam de esgotamento. Isso confirma o ciclo: o estresse é contagioso e quanto mais tenso estiver o professor mais agitados estarão os alunos.

4) “Nós temos, sim, estudantes favoritos” — Não fique achando que seu filho é queridinho do professor só porque tem muita imaginação e adora participar de todos os trabalhos propostos. Um estudo da Union College, nos EUA, pediu que professores classificassem seus alunos da elementary school (entre 4 e 14 anos) na ordem de sua preferência. Surpresa: estudantes com características e comportamento criativo não tinham muito apelo.


_________________________________________

FONTES: Revistas Pesquisa FapespReader’s Digest e Time; sites CBS News,Daily Mail, Elsevier, EurekAlert!Folha de S.PauloHarvard UniversityiGNYMAGPacific StandardPhysician Health ProgramSurgeryUniversity of British ColumbiaUSA TodayUSP Wired (Vi no site Mundo Estranho).