sexta-feira, 1 de junho de 2012

PESCAR EM AQUÁRIO É MAIS FÁCIL


Pensei em escrever algo sobre os" pescadores de aquário". Entenda-se por pescador de aquário aquele pastor que não quer ter o trabalho de ganhar almas e, depois, ensiná-las a sã doutrina. Geralmente são pastores autoproclamados como tais, sem visão do Reino de Deus e que administram suas igrejas como se fossem empresas. Vale salientar que a maioria não administra bem nem a própria casa.

O pastor "pescador de aquário" é, na verdade, um lobo que vive rondando os rebanhos alheios. Como não tem chamado para pastorear, logo não possui rebanho para cuidar e a saída, então, é pescar em aquário, ou seja, buscar almas em outras igrejas. O pior é que esse tipo de  elemento consegue arrebanhar muitas ovelhas (ou seriam bodes?), oferecendo, inclusive, vantagens financeiras.

O Pastor Gilmar Rampinelli me fez poupar palavras, pois publicou em seu Blog exatamente o que eu penso sobre o assunto em pauta. Assim, reproduzi o texto que segue logo abaixo:

impressionante como vários aspectos do Capitalismo entrou na prática de alguns seguimentos 'evangélicos'! Em algumas situações, não sabemos onde está a diferença, por exemplo, entre igreja e empresa. Marketing, produtividade, lucro, sucesso, desempenho, qualidade total, competitividade, concorrência, investimento... são algumas das novas palavras que se tem ouvido em muitos púlpitos e tribunas.

Hoje, distante do carisma da vocação, que contemplava homens e mulheres com disposição de seguir Jesus Cristo, vemos oportunistas, manipuladores e aproveitadores auto proclamando-se pastores, bispos, apóstolos, missionários, evangelistas e etc. (Mt 24.11). No afã de conquistar adeptos e seguidores, o que aumentaria o prestígio e o pretenso poder, tornam-se especialistas em pescar em aquário. São pessoas sem escrúpulo, sem ética, sem respeito, que se movem pela ganância e pela sede de prestígio e fama. Por mais santos que pareçam, são lobos vestidos de cordeiros (Mt 7.15). Por mais que pronunciem o nome do Senhor Jesus, seu deus é o ventre e o seu destino é arder no fogo eterno (Mt 7.22-23). No afã de conquistar adeptos e seguidores, pescam em aquário alheio, peixes doentes, indisciplinados, rebeldes, lhes oferecendo tapete vermelho, óleo da unção de mentira e batismo da falsidade.

A tarefa da igreja de Cristo nunca foi e nunca será estabelecer um balcão de negócios para negociar vidas e/ou ministérios.

A tarefa da Igreja de Cristo nunca foi e nunca será lançar redes em águas represadas ou em aquários.

A Igreja de Cristo nunca foi e nunca será 'bico' para frustrados, recalcados e aqueles que querem aumentar seus dividendos.

A tarefa da Igreja de Cristo e de seus pastores vocacionados é SERVIR, PERDER para ganhar, NEGAR A SI MESMO E TOMAR A CRUZ." 


Fonte: Blog do Pastor Gilmar Rampinelli