sábado, 11 de junho de 2011

A igreja bizarra e satânica de Lanna Holder

           
            Lanna Holder está de volta!

            Dizer que Lanna Holder está de volta se tornou uma notícia banal. Com tantas quedas e erguidas, muitos já nem sabem mais para onde voltou a ex, atual e, pelo que parece, sempre lésbica Lanna Holder. Infelizmente tenho que dizer que ela voltou para onde sempre esteve: o mundo nojento do lesbianismo. 

            Eu poderia não dizer nada de forma ostensiva acerca da vida de Lanna Holder e de sua preferência satânica por mulheres. Ela seria apenas digna de pena e carente de orações se tão somente estivesse mais uma vez mergulhada na prática do homossexualismo. Acontece que o problema não é só esse, e, pior, é muito mais grave.

            Recebi um scrap em meu Orkut que coloca Lanna Holder como protagonista de um "filme", no mínimo, diabólico. Esse filme, na verdade, já tínhamos visto outras vezes. Ele nos mostra uma mulher, por vezes pregando de forma enérgica e carismática nos púlpitos do Brasil e do mundo e, por outras, caindo na prática do pecado do qual tanto bradou que havia sido liberta. Até aí o enredo é o mesmo. Acontece que foi acrescentado um capítulo a esse filme, cujo roteirista é o próprio Satanás. E foi justamente esse capítulo que me motivou a declarar mais uma batalha no meio dessa guerra espiritual em que vivemos. A batalha, claro, não é contra Lanna Holder, mas contra suas práticas imundas e os demônios que estão na vida dela (Ef 6.12).

            Quando me deparei com a trágica notícia de que Lanna Holder havia inaugurado uma igreja para homossexuais, tive a cautela de investigar a veracidade do anunciado. Não precisei ir muito fundo, pois bastou que eu entrasse no site da tal Comunidade Cidade de Refúgio (nome da tal "igreja" para gays de Lanna Holder e sua "amiguinha íntima", Rosania Rocha - foto ao lado ), para perceber que está bem fundamentada a acusação contra a infeliz supracitada. Na home page do site oficial da "igreja" de Lanna Holder, você pode ver links de notícias que proclamam vitórias em favor dos homossexuais. Todavia, o que me deu a plena certeza de que a "igreja" dessa missionária do diabo é voltada principalmente para o tal grupo GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros), foi ter visto no tal site a exposição do filme  Prayers for Bobby (Orações para Bobby), um filme que descaradamente Lanna Holder colocou em sua página na Internet, a fim de fazer apologia ao homossexualismo, bem como justificar as suas práticas malignas e legitimar a abertura da sua comunidade satânica. A sinopse do filme escolhido por Lanna Holder para ser exibido em seu site, diz o seguinte:

            "Este é um filme baseado na história verídica de um jovem homossexual, que aos 20 anos suicida-se. 'Eu não posso deixar que ninguém saiba que eu não sou hétero. Meus amigos iriam me odiar, com certeza. Eles poderiam até me bater. Na minha família, já ouvi várias vezes eles falando que odeiam os gays, que Deus odeia os gays também. Isso realmente me apavora quando escuto minha família falando desse jeito, porque eles estão realmente falando de mim... Às vezes eu gostaria de desaparecer da face da Terra". Estas palavras estão escritas no diário de Bobby Griffith, quando tinha 16 anos. A sua mãe, Mary Griffith, interpretada por Sigourney Weaver, a senhora dos ALIENS, sabedora da sexualidade do filho acredita 'curar' o filho com base na religião e terapias, para quatro anos depois (1979) Bobby lançar-se de uma ponte. Um filme intenso, dramático, e que espalha ainda hoje a realidade de muitas e muitos jovens no mundo! Mary após a morte do filho questiona-se a si e ao fundamentalismo religioso, redime-se da sua posição homofóbica tornando-se uma defensora dos direitos GLBT".

            Não há dúvida, Lanna Holder mostrou de vez de que lado ela está. E, como se não bastasse, cinicamente diz que o seu antro de demônios, o qual denominou Comunidade Cidade de Refúgio, é "um lugar aos escolhidos!". Escolhidos de quem, Lanna Holder? Teus ou do diabo? Creio que dos dois, porque de Deus é que não são. Já disse, a minha luta não é contra carne e sangue, não é contra os homossexuais, mas contra a prática do homossexualismo.

            Não há diferença entre um homossexual e um mentiroso, ou entre um homossexual e um feiticeiro, ou mesmo entre um homossexual e um ladrão, pois a Palavra de Deus nos fala: "Não sabeis que os injustos não hão de herdar o Reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus. (...) Mas, quanto aos covardes, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte" (1 Co 6.9, 10; Ap 21.8). Deus julgará da mesma forma os mentirosos, o ladrões, os fornicadores, os homicidas, os suicidas, os macumbeiros, os espíritas, os homossexuais, e todos aqueles que não foram e nem forem libertos dos seus pecados, através do Senhor e Salvador Jesus Cristo, pois só Ele pode livrar o pecador da condenação eterna (Jo 8.36).   

            Lanna Holder extrapolou a fronteira do pecado, pois passou a incentivar outras pessoas a permanecerem no erro e a induzir outras à prática abominável do homossexualismo. Isso tudo já seria suficiente para identificá-la como uma ministra de Satanás. Mas ela foi bem mais além, quando passou a usar a Palavra de Deus para atingir as suas finalidades mefistofélicas, trazendo escândalo para o Evangelho do Senhor Jesus Cristo. Graças a Deus que a Sua Palavra não nos deixa confundidos, pois nela o Senhor Jesus nos declara: "É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem! Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma pedra de moinho, e fosse lançado ao mar..." (Lc 17.1, 2).  


Pastor Hafner
Chavannes - Suíça

Nenhum comentário:

Postar um comentário