sábado, 9 de abril de 2011

Jesus não é o lírio dos vales e nem a rosa de Sarom.


Lírio

Quando comecei a minha caminhada com o SENHOR JESUS CRISTO, em 1991, uma das primeiras músicas que ouvi, e gostei, é a que diz em sua letra:

"(...) Jesus é o Lírio dos Vales, Rosa de Sarom
Até seus espinhos, são marcas de amor
Agora Ele vive a plantar um grande jardim
Se você quiser será uma flor..."

Sim, a letra diz isso mesmo, que "Jesus é o Lírio dos Vales, Rosa de Sarom". Mas essa afirmação está ERRADA. O Senhor Jesus não é o lírio dos vales e nem a rosa de Sarom. Talvez você já saiba disso, porém, caso não saiba (ou saiba e não tenha base para defender essa verdade), vamos postar aqui alguns fundamentos que não deixam dúvidas quanto ao que o título desta postagem diz. Para isso, recorreremos aos estudos de duas Bíblias respeitadas: a Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, publicada pela CPAD, e a Bíblia de Estudo das Profecias, publicada pela Editora Atos, bem como à Enciclopédia de Comentário Bíblico Beacon, também pubicada pela CPAD.

Como sabemos, a música que diz ser o Senhor Jesus o lírio dos vales e a rosa de Sarom foi baseada no livro de Cantares, Capítulo 2, versículo 1, onde se lê: "Eu sou a rosa de Sarom, o lírio dos vales". O livro de Cantares foi escrito por Salomão, provavelmente no início do seu reinado, cerca de 960 a.C. O propósito de Cantares é "cantar o amor entre o noivo (o rei Salomão) e a noiva (a Sulamita), reafirmar a santidade do casamento e descrever o amor de Deus por seu povo" (CPAD, Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, 1995, p. 887).

O propósito de Cantares "depende da perspectiva que se toma: ficcional, alegórica ou histórica?". Quanto a isso, podemos ler na Bíblia de Estudos das Profecias (Editora Atos, 2ª edição, 2005, p. 731):

"1) Ficcional: algumas pessoas acreditam que este cântico seja um drama ficcional que relata a atração de Salomão por uma pobre mas atraente moça do seu país e o seu casamento com ela. Contudo, há indicações de que a história realmente tenha acontecido.

2) Alegórica: sob esse aspecto, o propósito principal de Cantares de Salomão é ilustrar a verdade do amor de Deus para com o seu povo, quer sejam os eventos fictícios ou não. Alguns comentaristas insistem  em que o livro seja verdadeiramente histórico, mas que o seu propósito principal é ilustrar o amor de Deus  por Israel e o amor de Cristo pela Igreja. Esta interpretação, porém, é subjetiva e carece de evidências. Há outras passagens  em que o relacionamento entre marido e mulher é usado simbolicamente (cf. Ez 16.23; Os 1-3), mas nelas há sempre uma indicação clara do simbolismo. A perspectiva alegórica pode ser uma aplicação para o livro, mas não deve ser a interpretação principal.

3) Histórica:  Cantares de Salomão é o registro poético do romance real entre Salomão e a mulher sulamita. Os vários cenários do livro exaltam as alegrias do amor na corte e no casamento, além de ensinar que a beleza física e a sexualidade no casamento não devem ser desprezadas como ignóbeis ou despiritualizadas. (...) Portanto, Cantares de Salomão é um ousado e positivo endosso de Deus ao amor conjugal em toda a sua beleza física e espiritual. Esta interpretação não quer dizer que o livro não tenha uma ilustração ou aplicação espiritual. Ele certamente ilustra o amor de Deus pelo povo da aliança, Israel, e antecipa o amor de Cristo por sua esposa, a Igreja."

Todavia, o cerne dessa postagem é a afirmativa de que o Senhor Jesus Cristo não é o lírio dos vales e nem a rosa de Sarom como muitos afirmam nos púlpitos e até cantam. Então, vejamos o que diz o comentário da Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal acerca do capítulo 2 e versículo 1 de Cantares:

"A rosa de Sarom e o lírio dos vales eram as flores comuns em Israel. Ao comparar-se a elas, é possível que a Sulamita estivesse dizendo que não era tão especial, era uma mulher comum; mas o amado respondeu que ela era extraordinária, um 'lírio entre os espinhos'. Salomão usou a linguagem do amor (...)" (CPAD, Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, 1995, p. 889).

O livro 3 da Enciclopédia Beacon, publicado pela CPAD, que trata do Livro de Jó a Cantares de Salomão, fala claramente sobre o assunto em pauta. Vejamos:

"(...) em 2.1, a jovem se identifica com um estilo de vida mais simples do que estar na corte do rei.


Eu sou (somente) uma rosa (heb., açafrão) de Sarom,
um lírio dos vales (RSV).

Mas o nobre pretendente apaixonado responde: se você é apenas um lírio,

Como um lírio entre espinhos 
É minha amada entre as jovens solteiras (Pouget).

As interpretações alegórias antigas atribuíram as palavras de 2.1 ao Amado, e assim elas se aplicavam ao Senhor. Nesse contexto, o versículo foi a inspiração para as músicas evangélicas 'Jesus, Rosa de Sarom' e 'O Lírio do Vale'." (CPAD, Comentário Bíblico Beacon, 3ª edição, 2009, pp. 483 e 484).

Bem, espero que esse assunto tenha sido esclarecido e, certamente, estarei aberto ao teu comentário, perguntas e mais informações que possam enriquecer essa postagem.


A graça e a paz do Senhor Jesus Cristo!


Pastor Hafner
Chavannes - Suíça

26 comentários:

  1. Excelente!
    Há um monte deste por aí. Por exemplo: "Num carro de fogo Elias foi levado para o céu.Carros e cavaleiros disse Eliseu que ficou maravilhado vendo aquele fogaréu.
    E viu Elias sendo arrebatado num carro de fogo para o céu."
    Não estou criticando, inclusive a canção é muito bonita e eles muito abençoados, mas é preciso ter cuidado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. desculpe mana mas não deu para entender o que vc quis dizer só para ajudar o que diz na biblia nos vers 9,10 e 11 de 2 reis cap 2-------------9 Depois de atravessar, Elias disse a Eliseu: "O que posso fazer em seu favor antes que eu seja levado para longe de você?"
      Respondeu Eliseu: "Faze de mim o principal herdeiro de teu espírito profético".
      10 Disse Elias: "Seu pedido é difícil; mas, se você me vir quando eu for separado de você, terá o que pediu; do contrário, não será atendido".
      11 De repente, enquanto caminhavam e conversavam, apareceu um carro de fogo puxado por cavalos de fogo que os separou, e Elias foi levado aos céus num redemoinho

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Aprendendo a palavra de Deus, com quem sabe!!! Parabéns e obrigado!!!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. O velho testamento é um espelho do novo . e sim , quando salomão disse que era o lírio dos vales ele estava se referindo a Jesus. Pois Ele ( CRISTO ) é o noivo e eu, nós, a IGREJA somos a noiva. Portanto, Ele é sim o Lírio dos vales e a rosa de Saron. Infelizmente os pastores hoje estão mais preocupados em discernir coisas sem sentido do que se preocupar com a verdade. E acho bom você lembrar que ele deixou bem claro que a ''LETRA'' mata. E errais por não conhecer as escrituras, então , é melhor prestar atenção antes de divulgar algo tão medrioce. E estudar mais a bíblia ao invés de se preocupar com teologia. #FICAADICA ! (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parabéns Naah, muito bom, pastores estão morrendo afogados com tanta letra, sem unção, jejum e oração, vão se preocupar em semear o amor , salvação, libertação, O SANGUE DE JESUS TEM PODER. o arrebatamento da igreja está pra acontecer a qualquer momento. VOLTA LOGO SENHOR, OS TEUS ESTÃO TE ESPERANDO ANSIOSAMENTE.

      Excluir
    2. Mas é necessário conhecer a verdade. Grande parte dos enganos e heresias que existem é por falta de examinar mais as Escrituras. A palavra de Deus não é mera letra, ela é a revelação de todo o conselho de Deus, e precisamos sim, muito dela. Não adianta oração e jejum sem entendimento.

      Excluir
    3. Ecos do Avivamento, a paz do Senhor Jesus!

      Você disse tudo! Olha o que a irmã Naah Andrade afirma, e ainda com letras garrafais e entre aspas: "a 'LETRA' mata." Certamente a irmãzinha deveria ter pelo menos noção do que vem a ser mediocridade e deixar de ser arrogante, querendo vomitar santidade a fim de encobrir sua ignorância acerca da Palavra de Deus.

      Fique na paz do Senhor Jesus!

      Excluir
    4. Irmã Naah Andrade, A paz do Senhor!

      Realmente, erra-se muito por falta de conhecimento das Escrituras. Não saber o que quer dizer "a letra mata" já é o suficiente para evitarmos um debate teológico. Você e o irmão Ronildo - que te parabenizou - deveriam ser mais humildes e reconhecerem que não entenderam o texto que postei. No mais, suas orações e jejuns não impressionam ao Deus Soberando e Todo-poderoso. Vão meditar em Filipenses 2.5-8 - espero que vocês entendam o que o Apóstolo Paulo quis dizer.

      Fique na paz do Senhor Jesus!

      Excluir
  6. Na verdade na minha opinião são épocas diferentes a de Salomão e de Jesus pois Salomão tipifica o senhor Jesus no velho testamento assim como foi com Davi,e a Sulamita tipifica a igreja a noiva amada

    ResponderExcluir
  7. Quanta "palha" heim, meu amigo? Abro mão dessa informação...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado você que postou dizendo que é "palha" e que "abre mão dessa informação". Guarde a tua arrogância na gaveta e apresente argumentos sólidos. Quem sabe você me convence do contrário. Tenho certeza que você também não entendeu o texto e, sendo assim, se expressa com poucas palavras para não demonstrar a falta de conhecimento.

      Não vou te desejar a paz do Senhor Jesus porque não sei quem você é. Todavia, que o SENHOR abra o teu entendimento. Amém!

      Excluir
  8. com todo o respeito pastor hafner mas há algumas contradições na sua colocação acima citada nas seguintes partes: vamos postar aqui alguns fundamentos que não deixam dúvidas quanto ao que o título desta postagem depois mais no centro o senhor pastor faz uso de um texto secundário e diz assim: Ele certamente ilustra o amor de Deus pelo povo da aliança, Israel, e antecipa o amor de Cristo por sua esposa, a Igreja. me parece que o senhor dá á entender-nos que és um defensor de teses do que estamos cheios dessa raça dentro das igrejas e nos púlpitos ao estilo de marco feliciano que numa de suas últimas mensagens afirmou que no céu não existe ruas de ouro e cristal como afirma as sagradas escrituras,mas o que quero lhe dizer sucintamente é que também tenho cursos e de diplomas de graduação não me falta mas não poderei jamais fazer uso disso para defender tese alguma sobre o que penso a respeito da biblia que na verdade nada penso a não ser que tenho que aceita-la e pregar jesus como salvador! com respeito( pastor lucas vieira)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do Senhor, irmão Lucas!

      Acho que como a irmã Naah Andrade, você não entendeu o texto. De qualquer forma, obrigado pela visita e pelo comentário. Um forte abraço!

      No amor de Cristo Jesus,

      Pastor Hafner

      Excluir
  9. Tudo em vão...obras de madeira e de palha.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do Senhor, irmão Marcos Moreira!

      Quanta comodidade, heim? É fácil sermos contra algo que não entendemos utilizando poucas palavras. Isso camufla a nossa ignorância e nos faz parecer conhecedores de algo que não dominamos. Você simplesmente pegou carona nos comentários de alguns que, também, não entenderam nada. É por isso que muitos têm sido enganados nas igrejas. Apresente algo que possa refutar o que postei, pois, ainda que eu não venha a concordar com seus argumentos, vou respeitar a sua atitude como alguém que, pelo menos, estudou para falar alguma coisa.

      Fique na paz do Senhor Jesus!

      Excluir
  10. E aí Pastor? depois de tantas informações e posições diferentes da que você postou aqui, o que o senhor, LIDER de uma igreja, me diz? estou fazendo uma pesquisa sobre o assunto aqui e gostaria de uma resposta!
    grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do Senhor, Bruno!

      Digo que muita gente não entendeu o texto. A maioria por ignorância mesmo. Respeito os que pensam de forma contrária, mas que apresentem teses convincentes. Não "blá-blá-blá" de gente arrogante que não tem a humildade de reconhecer que não sabe discernir entre a mão direita e a esquerda. Muitas vezes por preguiça de estudar a Palavra de Deus. Parabéns para você que tomou a iniciativa de pesquisar sobre o assunto. Os "super-crentes" deveriam seguir o teu exemplo.

      Fique na paz do Senhor Jesus!

      Excluir
  11. Se é ou não é, é irrelevante. Mas essa é uma das melhores definições que vi:

    http://novotempo.com/amiltonmenezes/audios/rosa-de-sarom-e-lirio-dos-vales/

    ResponderExcluir
  12. TEMPO DE REFLETIR – 27 de março de 2014
    “Eu Sou a rosa de Sarom, o lírio dos vales.” Cantares 2:1
    O livro de Cantares de Salomão pode ser considerado uma canção lírica, na qual Jesus canta o Seu amor por Sua igreja, mas também suas lutas e conquistas, perigos e salvação e a vitória final.
    Jesus Se apresenta como a Rosa de Sarom e o Lírio dos Vales, expressando assim a exuberância e eloquência do Seu amor por nós na forma de uma alegoria que se torna nada menos do que o Seu cântico nupcial para a Igreja.
    Estes lindos títulos de Jesus têm sido usados como parte de nosso louvor a Ele na forma de hinos, cantatas e poesias. Nosso Senhor não apenas exala perante nós a real fragrância da beleza da Sua santidade, como o faz a rosa, a rainha das flores, mas também Se revela a nós com o poder altaneiro do Seu caráter humilde e puro, ao tornar-Se o homem como nós, mas casto e sem pecado, como o lindo, perfeito e cativante lírio.
    Descobrimos a fragrância e beleza da santidade de Jesus quando, ao afastar-nos um pouco das lutas do dia, buscamos aquela comunhão doce e íntima com Ele, o Amado de nossa alma.
    Dizem que num dos vales da Romênia rosas são cultivadas em grande escala para abastecerem o mercado de Viena, Áustria; são rosas altamente perfumosas. Se você um dia visitar aquele vale de rosas no tempo da sua floração, ficará tão impregnado do seu perfume que onde quer que for depois levará consigo aquela fragrância e todos saberão onde você esteve.
    Há também aquela linda parábola contada pelo poeta e moralista persa Saadi. Foi lhe dado um pedaço de argila comum. Mas a argila estava tão impregnada de um suave de delicado perfume que contagiou toda a sala. O poeta pergunta então à argila: ‘Quem é você, musk ou ambérgris?” “Nada disso. Eu sou uma simples argila.” “De onde lhe vem, então, este raro perfume?” “É que eu estive todo o verão na companhia da rosa”, respondeu a argila.
    Sim, nós somos como pedaços da argila humana. Mas se nos demoramos na companhia da Rosa de Sarom e do Lírio dos Vales, a fragrância de Sua vida passará para nós. Então, e só então, seremos também uma doce e refrescante influência para aqueles que nos rodeiam!
    Jesus nos convida: “Vinde a Mim todos… porque Sou manso e humilde de coração… Por que andais ansiosos…? Considerai… os lírios do campo… Buscai, pois em primeiro lugar o Seu reino e a Sua justiça… e achareis descanso para as vossas almas.” Mateus 11:28; 6:28 e 33.
    Peçamos a Deus que a Rosa de Sarom, o Lírio dos Vales, desabroche, floresça, inunda nossa vida com Sua fragrância e beleza!

    Texto: Autoria desconhecida:

    ResponderExcluir
  13. TEMPO DE REFLETIR – 27 de março de 2014
    “Eu Sou a rosa de Sarom, o lírio dos vales.” Cantares 2:1
    O livro de Cantares de Salomão pode ser considerado uma canção lírica, na qual Jesus canta o Seu amor por Sua igreja, mas também suas lutas e conquistas, perigos e salvação e a vitória final.
    Jesus Se apresenta como a Rosa de Sarom e o Lírio dos Vales, expressando assim a exuberância e eloquência do Seu amor por nós na forma de uma alegoria que se torna nada menos do que o Seu cântico nupcial para a Igreja.
    Estes lindos títulos de Jesus têm sido usados como parte de nosso louvor a Ele na forma de hinos, cantatas e poesias. Nosso Senhor não apenas exala perante nós a real fragrância da beleza da Sua santidade, como o faz a rosa, a rainha das flores, mas também Se revela a nós com o poder altaneiro do Seu caráter humilde e puro, ao tornar-Se o homem como nós, mas casto e sem pecado, como o lindo, perfeito e cativante lírio.
    Descobrimos a fragrância e beleza da santidade de Jesus quando, ao afastar-nos um pouco das lutas do dia, buscamos aquela comunhão doce e íntima com Ele, o Amado de nossa alma.
    Dizem que num dos vales da Romênia rosas são cultivadas em grande escala para abastecerem o mercado de Viena, Áustria; são rosas altamente perfumosas. Se você um dia visitar aquele vale de rosas no tempo da sua floração, ficará tão impregnado do seu perfume que onde quer que for depois levará consigo aquela fragrância e todos saberão onde você esteve.
    Há também aquela linda parábola contada pelo poeta e moralista persa Saadi. Foi lhe dado um pedaço de argila comum. Mas a argila estava tão impregnada de um suave de delicado perfume que contagiou toda a sala. O poeta pergunta então à argila: ‘Quem é você, musk ou ambérgris?” “Nada disso. Eu sou uma simples argila.” “De onde lhe vem, então, este raro perfume?” “É que eu estive todo o verão na companhia da rosa”, respondeu a argila.
    Sim, nós somos como pedaços da argila humana. Mas se nos demoramos na companhia da Rosa de Sarom e do Lírio dos Vales, a fragrância de Sua vida passará para nós. Então, e só então, seremos também uma doce e refrescante influência para aqueles que nos rodeiam!
    Jesus nos convida: “Vinde a Mim todos… porque Sou manso e humilde de coração… Por que andais ansiosos…? Considerai… os lírios do campo… Buscai, pois em primeiro lugar o Seu reino e a Sua justiça… e achareis descanso para as vossas almas.” Mateus 11:28; 6:28 e 33.
    Peçamos a Deus que a Rosa de Sarom, o Lírio dos Vales, desabroche, floresça, inunda nossa vida com Sua fragrância e beleza!

    Texto: Autoria desconhecida:

    ResponderExcluir
  14. pelo que entendi historicamente jesus não é a rosa de saron, e espiritualmente ele é .
    mas o fato é que salomão escreveu uma canção e foi introduzida na bíblia a fim de ser uma mensagem, se Deus o quis assim , então que seja uma mensagem, cabe a cada um pedir entendimento a Deus e discernimento da palavra ,para que possa entender da melhor maneira possível, na minha pequena visão da palavra de Deus , não compreendo este texto como jesus sendo a rosa de saron, historicamente falando pois também faz afirmação que o amado é como o gamo e o veado , porque então não cantar desta forma as musicas lindas e tal . mas se for pensar na parte espiritual e ler com os olhos espirituais, faz sentido, pois esta sendo usado o sentido figurado das palavras e como a bíblia se trata de Deus e jesus cristo porque não ser ele então , o que você sente no teu coração quando lê este texto?
    peça a Deus entendimento, discernimento e sabedoria antes de ler a bíblia , e abra teu coração para aceitar , que Deus vai falar com você e vai te dar o verdadeiro entendimento.

    ResponderExcluir
  15. pelo que entendi historicamente jesus não é a rosa de saron, e espiritualmente ele é .
    mas o fato é que salomão escreveu uma canção e foi introduzida na bíblia a fim de ser uma mensagem, se Deus o quis assim , então que seja uma mensagem, cabe a cada um pedir entendimento a Deus e discernimento da palavra ,para que possa entender da melhor maneira possível, na minha pequena visão da palavra de Deus , não compreendo este texto como jesus sendo a rosa de saron, historicamente falando pois também faz afirmação que o amado é como o gamo e o veado , porque então não cantar desta forma as musicas lindas e tal . mas se for pensar na parte espiritual e ler com os olhos espirituais, faz sentido, pois esta sendo usado o sentido figurado das palavras e como a bíblia se trata de Deus e jesus cristo porque não ser ele então , o que você sente no teu coração quando lê este texto?
    peça a Deus entendimento, discernimento e sabedoria antes de ler a bíblia , e abra teu coração para aceitar , que Deus vai falar com você e vai te dar o verdadeiro entendimento.

    ResponderExcluir
  16. Graça e paz, a todos! Pelo que li o pastor Hafner naõ está errado em suas colocações. No discurso a expressão: Eu sou a Rosa de Sarom e o lírio dos vales, vem da boca da noiva, sendo assim como não nos maravilharmos ainda mais com o amor de Deus, afinal não estávamos todos nós mortos em nossos pecados e delitos como todo o restante da humanidade? Porém, por causa do olhar do noivo para nós, encontramos a graça e fomos tirados dos espinhos do sofrimento e prisão do pecado. Mesmo sendo levita e tendo durante anos me emocionado com a beleza poética das canções, prefiro a alegria de ver a Palavra de Deus de renovar e trazer a clareza e certeza de que o amor de Deus é o que nos permite termos vida. O que me assusta é ver tanta animosidade nos comentários quando a Palavra nos ensina a sermos cordiais uns com os outros e para os mais preparados pacientes com os néscios. Não sou PHD em nada, porém tenho certeza que não é esse o tipo de comportamento que nos fará sermos luz do mundo e sal da terra. O mais importante é sabermos que Jesus é o salvador e tê-lo como nosso Senhor. Não devemos ignorar a necessidade de nos aprofundarmos nas Escrituras e nem da importância da busca pela presença de Deus. Que Deus nos abençoe e nos ilumine. Que possamos aprender a nos amar, e isso inclui o respeito que temos que ter uns com os outros quer concordemos ou não em nossas opiniões. Fiquem todos na santa paz do Senhor.

    ResponderExcluir