terça-feira, 20 de novembro de 2012

MAIS DOIS ISRAELENSES MORTOS

Foguetes lançados da Faixa de Gaza
matam dois israelenses
 
Civil e militar morreram, e conflito tem ao menos 125 mortos numa semana. Esforços diplomáticos para um cessar-fogo prosseguiam na região.
 
Dois israelenses, um civil e um militar, morreram nesta terça-feira (20) atingidos por foguetes disparados desde a Faixa de Gaza, segundo autoridades israelenses.
 
O cabo Yosef Fartuk, de 18 anos, foi o primeiro militar de Israel morto no confronto de sete dias com militantes palestinos na região, disse o Exército. Ele foi atingido por um foguete na região de Eshkol. Foi a primeira baixa militar de Israel em sete dias de enfrentamentos.
 
O Ministério da Defesa também confirmou a morte de Alayaan Salem al-Nabari, atingido no sul do deserto de Negev.
 
Os bombardeios, de lado a lado, continuavam nesta terça-feira na região, apesar da iminência de uma trégua mediada pelo Egito.
 
Um foguete foi lançado no início da tarde em direção a Jerusalém, segundo a polícia local, mas não atingiu a cidade, sede do governo de Israel.
 
O braço armado do movimento Hamas reivindicou o disparo de um foguete de longo alcance M75 contra o que os palestinos consideram "a Jerusalém ocupada".
 
Uma forte explosão foi ouvida na cidade, após as sirenes antiaéreas terem soado, segundo testemunhas da agência Reuters.
 
O foguete, o segundo lançado contra a cidade em uma semana, teria caído em uma área aberta a leste da cidade, segundo o Canal 2 da TV local.
 
O incidente ocorre após uma semana de escalada de violência entre Israel e os palestinos da Faixa de Gaza, que provocaram pelo menos 125 mortes -120 de palestinos, 5 de israelenses.
 
20 de novembro - Soldado israelense limpa o canhão de um tanque em base de Israel próxima à Faixa de Gaza.
Foto: Jack Guez/AFP
 
Fonte: Clique aqui para ler a matéria completa no Portal G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário