sexta-feira, 7 de outubro de 2016

OS CINCO SEGREDOS DOS GRANDES PREGADORES


Segredo 1 – Avalie se você tem o chamado para esse ministério

Todos nós temos o chamado de Deus para pregar o Evangelho, para anunciar as boas novas da salvação (Marcos 16:15). No entanto, algumas pessoas são chamadas por Deus para pregar esse Evangelho de uma forma especial, através da exposição da Palavra de Deus seja em um púlpito de uma igreja, num pequeno grupo, numa célula ou até mesmo em uma reunião evangelística ao ar livre. É muito importante que a pessoa que deseja ser uma pregadora da palavra entenda se tem realmente esse chamado.
Uma das formas de se saber isso é analisando o próprio coração: Você tem um grande desejo de ensinar as pessoas sobre as coisas de Deus? Gosta muito de estudar a Bíblia e de aprender os significados das passagens bíblicas? Fica torcendo para que alguém te chame para ministrar a palavra de Deus em algum lugar? Ora muito a Deus pedindo que te ajude a ser um bom pregador? Se você respondeu sim a essas perguntas é porque dentro do seu coração arde essa chama que Deus colocou em você para ser um pregador da Palavra.

Segredo 2 – Vida com Deus em ordem

Aquele que deseja ser um pregador deve saber que terá muita responsabilidade sobre si. Isso porque o pregador tem muito maior conhecimento sobre as verdades de Deus e, por isso, tem muito mais responsabilidade de ser um praticante delas. O pregador não é alguém que apenas comunica a mensagem de Deus, antes, ele a vive. Por isso, para ser um grande pregador é essencial que a vida do pregador esteja em ordem.
É preciso ter comunhão constante com Deus, proximidade com o Pai, pois Deus é a fonte de onde o pregador tira as suas mensagens. Um pregador sem uma vida cheia do Espírito Santo fatalmente pregará mensagens vazias e ficará envergonhado. Por isso, vale alertar que as disciplinas espirituais como oração, meditação na palavra, jejum, comunhão, serviço, etc., precisam fazer parte da vida do pregador.

Segredo 3 – Estudar a Bíblia todos os dias

A fonte das mensagens do pregador é Deus. E Deus deixou a Sua Palavra como a base do trabalho do pregador. Por isso, para ser um bom pregador é preciso muita, mas muita Bíblia. A vida de um bom pregador deve conter o estudo sistemático da Bíblia, ou seja, o estudo da Palavra deve fazer parte da rotina do dia a dia dele, mesmo que não tenha uma mensagem para preparar naquele momento.
O estudo da Bíblia prepara o coração do pregador para viver na presença de Deus e também para entregar a mensagem de Deus com unção e poder quando for solicitado pelo Senhor. Daí a importância de estar sempre preparado.

Segredo 4 – Pedir a Deus oportunidades

Um bom pregador não é alguém passivo, ou seja, que fica à espera de oportunidades para expor a palavra de Deus. O bom pregador é ativo, buscando sempre em oração a Deus oportunidades para ministrar a palavra da salvação, e sempre se colocando à disposição de seus líderes e da sua igreja para ser usado sempre que surgir oportunidades.
Sabendo disso o bom pregador está sempre estudando a Bíblia, sempre buscando a direção de Deus, anotando o que Deus fala com Ele para estar preparado para entregar uma pregação cheia das verdades da Palavra aonde Deus o enviar.

Segredo 5 – Preparar-se com bons recursos

Um bom pregador não pode achar que já nasceu pronto. Deus nos dá o Espírito Santo, mas também deseja que avancemos como cooperadores (1 Coríntios 3:9). Isso implica em fazermos a nossa parte. Sim, o bom pregador precisa estudar, precisa se preparar. Quando eu comecei a sentir o desejo de pregar a Palavra era muito, mas muito tímido. Só de falarem meu nome ficava todo vermelho. Cheguei a questionar o meu chamado diante de Deus.
Como alguém tão tímido poderia pregar a Palavra? Foi aí que Deus me fez entender que eu estava sendo lapidado. Deus colocou em meu caminho um pastor que me deu um curso de homilética (A arte de pregar) e também me ensinou muito sobre oratória. Com os vários treinos que fizemos a minha confiança foi aumentando e também o meu conhecimento. Foi aí que Deus foi me usando cada vez mais. É por isso que hoje indico a todos os que desejam ser bons pregadores que invistam um pouco em sua preparação.
Para quem não tem um curso presencial em sua cidade, eu indico o curso online “Seminário de Pregadores – Formando Mensageiros de Cristo”. Para sem um bom pregador o caminho da preparação é obrigatório!

Conclusão

Para ser um bom pregador é preciso muito mais do que vontade. É preciso entender o chamado de Deus e fazer a sua parte. Nada vai cair do céu. As dificuldades irão aparecer, mas vencer cada uma delas e entregar a mensagem de Deus as pessoas vale cada luta.
Investir em seu preparo é imprescindível. Tempo com Deus, leitura e estudo da Bíblia, muita oração e consagração, além de fazer a sua parte e estudar com bons cursos de pregação é algo muito importante!
Que Deus te use muito para honra e glória Dele!


Fonte: Clique aqui!

SETE MENTIRAS SOBRE A POLÍTICA QUE TODO CRENTE DEVE SABER



1- DEUS NÃO SE “METE” EM POLÍTICA – Mentira! Deus sempre se importou com a vida política do seu povo. Uma rápida leitura dos Livros de Reis e Crônicas nos dirá claramente isso. Reis sendo postos e depostos por ordem do Senhor; governantes sendo criticados e orientados por profetas que falavam em nome de Deus. Deus sempre participou da história política mundial, apesar da desobediência e descaso dos outros protagonistas.

2- POLÍTICA NÃO É COISA DE CRENTE – Mentira! Imagine se verdadeiros filhos de Deus governassem este mundo. Que diferença faria! Entretanto, por puro preconceito, deixamos que o ímpio domine e o povo seja oprimido brutalmente. Provérbios 29: 2 diz: “Quando se multiplicam os justos o povo se alegra, quando porém, domina o ímpio, o povo geme.”

3- POLÍTICA É COISA DE LADRÃO – Mentira! Ladrão tem em todo lugar. Há ladrões pastores, ladrões padres, ladrões engenheiros, ladrões carpinteiros, ladrões garis, ladrões políticos, ladrões em todas as profissões. Entretanto, esta não é a regra. A regra de ouro é a honestidade em qualquer posição na vida. Ninguém se torna ladrão porque se elegeu para um cargo público. Ele já tinha a tendência ao crime antes de auferir esta condição. Cabe a nós uma escolha mais qualificada, para que o risco seja reduzido.

4- IRMÃO É OBRIGADO A VOTAR EM IRMÃO – Mentira! O voto é livre e ninguém está obrigado a votar de acordo com sua afinidade religiosa. Há políticos muito bons que não estão nas igrejas e políticos de péssima conduta que ostentam o nome de cristãos. Bom seria se tivéssemos mais candidatos evangélicos e comprometidos com a palavra de Deus, infelizmente, pela ausência de bons cristãos nas disputas eleitorais, ficamos, às vezes, sem alternativa.

5- A POLÍTICA NO BRASIL NÃO TEM MAIS JEITO – Mentira! Todas as nações do mundo já experimentaram momentos muito difíceis politicamente, entretanto, superaram e cresceram como superpotências. Porém, o seu povo desejou e partiu em busca de soluções efetivas. Escolheram modificar a própria história e assim o fizeram. Enquanto ficarmos acomodados, contemplativos e vulneráveis a todo tipo de engano nunca sairemos deste estado de mediocridade política e econômica em que vivemos. Nossas igrejas reúnem por domingo cerca de 40 milhões de pessoas e, raramente mesmo, oramos pelo destino do nosso Brasil. A mudança pode começar a partir do povo que mais se reúne no mundo.

6 – O CRISTÃO É CIDADÃO DO CÉU E ISSO BASTA – Mentira! Além de sermos cidadãos do Céu, somos cidadãos desta sociedade terrena e não podemos fugir disto. A falsa ideia de que o olhar do cristão deve estar voltado somente para o Celeste Porvir tira de nós a oportunidade de lutar por dias melhores aqui e agora. O Plano de Deus é de felicidade plena para o ser humano nesta dimensão e na vindoura. O crente no Senhor Jesus deve estar preocupado com a realidade deste mundo, enquanto aguarda o cumprimento das Promessas do Futuro.

7 – IGREJA NÃO É LUGAR DE POLÍTICA – Mentira! A palavra igreja deriva do grego ekklesia (chamados para fora), uma reunião de cidadãos em praça pública para decidir os destinos da vila ou cidade em que moravam. Com esta derivação, a igreja não poderia perder o sentido de espaço para discussão de ideias, conciliação de interesses e ações para mudar a realidade que lhe cerca. A igreja deve ser, também, o ambiente para mover o povo em direção a atitudes relevantes socialmente, tudo isso sem perder o seu caráter de átrio para adoração ao Senhor e crescimento na Graça de Cristo. Creio plenamente que igreja é lugar de política. Política que construa, que mude os rumos desastrosos da nação. Política que promova mudanças para que experimentemos junto com os outros, desde já e agora, uma porção significativa da Justiça e Paz que esperamos desfrutar plenamente no Céu. 


Pastor Edvaldo Junior
edvaldojr2010@hotmail.com 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

BLASFÊMIA: FILME APRESENTA O DIABO COMO UM BOM RAPAZ

Os atores Monica Iozzi e Murilo Rosa protagonizam o filme produzido pela Globo. (Foto: Divulgação)

Ramificação da Rede Globo, a Globo Filmes pretende lançar no primeiro semestre de 2017 o longa “A Comédia Divina”, segundo informou a revista Quem Acontece.

No filme, o Diabo (Murilo Rosa) está preocupado com sua baixa popularidade e decide abrir sua própria igreja na Terra para conquistar seguidores. Nela, os pecados são virtudes e devem ser estimulados.

Para ter sucesso em seus planos, ele pretende se apoderar de uma emissora de TV usando a repórter Raquel (Monica Iozzi), que vê sua carreira decolar ao conseguir entrevistá-lo para um furo jornalístico.

Com seu espaço na televisão, o Diabo passa a apresentar um talk show chamado “Satã Night show”, que tem como principal atração “queimar pessoas ao vivo”.

Além disso, o Diabo faz visitas a Deus (Zezé Motta) para falar sobre os homens — um assunto de interesse de ambos. Na forma de uma mulher negra, Deus aconselha seu inimigo durante o roteiro: "Os homens não são fiéis, filho. Por isso criei o cachorro!"

Ao contrário do que o título propõe, o filme não tem relação com “A Divina Comédia” de Dante Alighieri, mas com outra obra literária, o conto de Machado de Assis “A Igreja do Diabo”.

O roteiro, escrito por José Roberto Torero, Marcos Aurelius Pimenta, Caroline Fioratti e Toni Venturi, também conta com Thiago Mendonça, Juliana Alves, Dalton Vigh, Thogun Teixeira, e Débora Duboc no elenco.

Distorção

Nos Estados Unidos, uma série composta por uma proposta parecida com a do filme brasileiro gerou o protesto de milhares de pessoas. Exibida pela Fox, a série “Lúcifer” retrata o Diabo como um bom rapaz, que cansou do inferno e decidiu inaugurar uma casa de shows em Los Angeles.

Uma petição aberta nos sites The American Family Association e One Million Moms afirmou que o programa zomba da Bíblia. "O programa descaracteriza Satanás, se afasta dos verdadeiros ensinamentos bíblicos sobre ele e retrata de maneira imprecisa as crenças da fé cristã", disse a petição. "Ao colocar esta série no ar, a Fox está desrespeitando o cristianismo e zombando da Bíblia", conforme está sendo feito pela TV Globo.

Assista ao trailer:



Fonte: guiame