segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

500 ANOS DA REFORMA PROTESTANTES (1517 – 2017)


No ano de 1517, a Europa cristã estava sob as densas trevas da superstição e da falsa doutrina, quando um monge agostiniano chamado Martinho Lutero entrou em cena. Ele não só protestou contra a venda de indulgências e o culto às relíquias, mas, acima de tudo, redescobriu o coração do evangelho: a doutrina da justificação pela fé. O entusiasmo de sua experiência com a graça de Deus e o poder transformador da verdade bíblica estremeceu a Europa, convertendo nações e fazendo surgir heróis da fé. A Bíblia ganhou grande importância e significado, tendo sua autoridade reconhecida.
Sob o incentivo do calor das pregações e dos escritos bombásticos do reformador alemão, a Suíça foi sacudida pela mente sistemática e pelo trabalho disciplinado de João Calvino. Procedentes de Genebra, pregadores reformados saíram por todo o mundo pregando a mensagem de salvação, enquanto os perseguidos em outros lugares encontravam lá abrigo e refúgio.
[...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário