terça-feira, 3 de maio de 2011

História da Harpa Cristã

            Como já falei em uma postagem anterior, onde comentei sobre alguns livros do escritor e historiador Dan Brown (a trilogia "Anjos e Demônios", "O  Código da Vinci" e "O Símbolo Perdido), a História é feita de fatos, embora nem todos os fatos sejam considerados históricos. A Bíblia Sagrada é composta de Livros Históricos e todos os fatos narrados nas Sagradas Escrituras fazem parte da História. Também há a História da Igreja Cristã - inclusive existe um livro com esse título, que, por sinal, é muito bom. A nossa Harpa Cristã também tem história.

            Eu declarei na postagem imediatamente anterior a esta que não abro mão dos hinos da Harpa Cristã e como esses hinos estão sendo esquecidos nos Cultos de algumas igrejas e por alguns crentes. Agora, como estudante de História e crente que gosta de cantar os hinos da Harpa, decidi pesquisar sobre a história desse livrinho que contém os mais belos hinos e poesias, muitos escritos em tribulação, como fala o hino 126 - "Bem-aventurança do Crente" - letra de Emil Gustafson e tradução da Irmã Frida Vingren. O meu interesse maior e a minha oração é para que a atual e as futuras gerações de crentes não abandonem o costume de se louvar os hinos da Harpa Cristã. Nesse caso, pesa sobre os ombros dos Pastores, Líderes de Departamentos (principalmente dos Novos Convertidos) e Professores da Escola Bíblica Dominical, a responsabilidade de manter acesa em suas respectivas Congregações a chama dos louvores dos hinos da Harpa Cristã.

            Agora veja um pouco da história da nossa querida Harpa Cristã:


"A Harpa Cristã é o hinário oficial das Assembleias de Deus no Brasil. Ela foi especialmente organizada com o objetivo de enlevar o cântico congregacional e proporcionar o louvor a Deus nas diversas liturgias da igreja: culto público, santa ceia, batismo, casamento, apresentação de crianças, funeral, etc. A sua primeira finalidade é transformar as igrejas e congregações em comunidades de perfeita adoração ao Único e Verdadeiro Deus. Não pode haver igreja sem louvor.


No inicio de sua história as Assembleias de Deus não possuía um hinário próprio. Para sanar esta necessidade era utilizado o hinário Salmos e Hinos, organizado pelos fundadores da Igreja Evangélica Fluminense, Dr Robert Kalley e Sarah Poulton Kalley. A primeira edição inglesa, data do ano de 1855, contava com 27 Títulos (10 Salmos e 17 Hinos) e foi editada em Londres. Já a primeira edição brasileira, de 1861, era composta por 50 Títulos (18 Salmos e 32 Hinos), foi usada pela primeira vez em 17 de novembro de 1861, seis anos depois de sua chegada ao Brasil. Esta coleção foi a primeira coletânea de hinos evangélicos em língua portuguesa organizada no Brasil. também foi primeiro hinário usado por diversas denominações. Hoje com aproximadamente 150 anos, tem mais de 500 hinos.

Entrementes, as peculiaridades que distinguia a nova igreja das igrejas evangélicas tradicionais fez surgir em 1921 o Cantor Pentecostal. Editado pela tipografia Guajarina sob orientação de Almeida Sobrinho tinha 44 Hinos e 10 corinhos. O Cantor Pentecostal foi distribuído pela Assembleias de Deus de Belém, PA, que, naquela época, achava-se localizada na Travessa 9 de janeiro, 75.

Passado um ano da publicação do Cantor Pentecostal é lançado no Recife-PE a primeira edição da Harpa Cristã. Aos cuidados do Pastor Adriano Nobre, surge o hinário oficial da Igreja Assembleia de Deus com uma tiragem de 1.000 exemplares, distribuídos para todo o Brasil pelo missionário Samuel Nyström. A segunda edição da Harpa Cristã , já como 300 hinos, foi impressa nas Oficinas Irmãos Pangeti, no Rio de Janeiro, em 1923.

Em Junho de 1931 foi lançado o Psaltério Pentecostal, para suprir a escassez de Harpa Cristã,tendo como editor responsável: Gunnar Vingren. Este hinário foi impresso pelo Estabelecimento Gráfico Fernandes & Rohe, Rio de Janeiro, 1931. Nove anos depois, em 1932, a Harpa Cristã já contava com 400 hinos.



Pr. Paulo Leivas Macalão

Na elaboração dos hinos, muito contribuiu o missionário Samuel Nyström. Como não tivesse perfeito conhecimento da língua portuguesa, ele traduziu, literalmente, diversas letras da hinódia escandinava. Para que os poemas fossem adaptados às suas respectivas músicas, foi necessário que o Pastor Paulo Leivas Macalão empreendesse semelhante tarefa. Por isso, tornou-se o Pastor Macalão, fundador do Ministério de Madureira, no principal compositor e adaptador do hinário oficial da Igreja Assembleia de Deus.
   

 

Harpa Cristã com música


Em 1937, a Convenção Geral das Assembléias de Deus - CGADB, reunida em São Paulo, nomeou uma comissão para editar e imprimir a primeira Harpa Cristã com música. Desta comissão faziam parte: Emílio Conde, Samuel Nyström, Paulo Leivas Macalão, John Sorhein, Nils Kastberg e o Dr. Carlos Brito. 


Harpa Cristã com 524 hinos


Com o passar do tempo, outros hinos foram sendo acrescentados até que a Harpa Cristã atingisse 524 hinos. Número esse que, durante várias décadas, caracterizou a Harpa Cristã.Até 1981, quase todos os hinos da Harpa Cristã já haviam sido revisados. Os mais altos foram transpostos para tons mais acessíveis ao cântico congregacional.


Emílio Conde


Harpa Cristã Atualizada


Em 1979, mediante proposta apresentada pelo Pastor Adilson Soares da Fonseca, o Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus - CPAD, cumprindo resolução da Assembléia Geral da CGADB reunida em Porto Alegre, naquele ano, nomeou uma comissão para proceder a uma revisão geral da música e da letra da Harpa Cristã. A comissão era formada pelos seguintes Pastores: Paulo Leivas Macalão, Túlio Barros Ferreira, Nicodemos José Loureiro, Antonio Gilberto, e João Pereira. Nesta empreitada, também tomou parte ativa o Pastor e consagrado poeta Joanyr de Oliveira. Em termos técnicos, os trabalhos contaram com dois obreiros especializados: João Pereira, na correção e adaptação da música; e Gustavo Kessler, na revisão das letras. Lançada em 1992, a Harpa Cristã Atualizada foi aceita em muitas igrejas, mas a maioria optou por ficar com a Harpa Tradicional.


Harpa Cristã Ampliada


Tendo em vista as necessidades da igreja, a CPAD, sob a direção executiva de Ronaldo Rodrigues de Souza, compreendeu ser urgente a ampliação da Harpa Cristã tradicional. E, assim, foram acrescentados mais 116 hinos a fim de atender a todas as exigências cerimoniais e litúrgicas da igreja. A Harpa Cristã Ampliada foi lançada em 1999."


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Harpa_Crist%C3%A3 (consulta feita no dia 03 de maio de 2011, às 15:17 h).



SALMO 150

1 Louvai ao Senhor! Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder!
2 Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza!
3 Louvai-o ao som de trombeta; louvai-o com saltério e com harpa!
4 Louvai-o com adufe e com danças; louvai-o com instrumentos de cordas e com flauta!
5 Louvai-o com címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes!
6 Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor!


Pastor Hafner
Chavannes - Suíça

Nenhum comentário:

Postar um comentário