quarta-feira, 19 de abril de 2017

QUEM FOI A ESPOSA DE CAIM?


A Bíblia não relata especificamente quem foi a esposa de Caim. A única resposta possível é que a esposa de Caim tenha sido sua irmã, sobrinha ou sobrinha-neta, etc. A Bíblia não diz qual a idade de Caim quando matou Abel (Gênesis 4.8). Uma vez que eram ambos fazendeiros, eram provavelmente adultos, possivelmente já com suas próprias famílias. Adão e Eva certamente haviam tido mais filhos além de Caim e Abel na época em que Abel foi assassinado – e com certeza tiveram muito mais filhos depois (Gênesis 5.4). O fato de Caim ter temido por sua própria vida depois de ter matado Abel (Gênesis 4.14) indica que provavelmente havia muitos outros filhos e talvez até netos ou bisnetos de Adão e Eva naquele tempo. A esposa de Caim (Gênesis 4.17) era filha ou neta de Adão e Eva.

Como Adão e Eva foram os primeiros (e únicos) seres humanos, seus filhos não tinham outra escolha a não ser o casamento entre si. Neste ponto, Deus não proibiu o casamento dentro de uma mesma família; somente o fez muito mais tarde, quando já havia suficiente número de pessoas para que o casamento dentro da mesma família não fosse mais necessário (Levítico 18.6-18). A razão pela qual o incesto frequentemente resulta em anormalidades genéticas nos filhos se explica no fato de que duas pessoas de genética semelhante (por exemplo, irmão e irmã), ao terem filhos, os expõem a uma maior probabilidade de defeitos genéticos, pois tanto o pai quanto a mãe têm os mesmos defeitos em seus próprios genes. Quando pessoas de famílias diferentes têm filhos, é altamente improvável que ambos tenham os mesmos defeitos genéticos. O código genético humano tem se tornado altamente “poluído” através dos séculos à medida que os defeitos genéticos vão se multiplicando, ampliando e sendo passados de geração em geração. Adão e Eva não tinham defeitos genéticos, o que permitiu que tanto eles quanto as primeiras gerações de seus descendentes pudessem gozar de uma saúde muito melhor do que a que temos agora. Os filhos de Adão e Eva tiveram poucos defeitos genéticos, se é que os tiveram. Por isso, era seguro que se casassem entre si. Pode parecer estranho ou causar repulsa imaginar a esposa de Caim como sua própria irmã. No começo, uma vez que Deus começou com um homem e uma mulher, a segunda geração não teve outra escolha a não ser o casamento entre si.

"BALEIA AZUL", O JOGO DA MORTE!


Prática macabra iniciada na Rússia, onde autoridades somam 150 casos, pode ter chegado ao Brasil


Por GUSTAVO T. DE MIRANDA

Um jogo que estimula o suicídio de adolescentes, iniciado na Rússia, atravessou a Europa e pode ter chegado ao Brasil. É o Blue Whale Challenge (Desafio da Baleia Azul), que chama a atenção de médicos, psicólogos e pais ao redor do mundo. 
Enquanto as autoridades russas contam nos últimos seis meses mais de 150 casos em que adolescentes se mataram após participar desse jogo macabro, o Brasil começa a ter os primeiros sinais de que a prática cruzou o oceano para encontrar vítimas locais.
Na última semana, o produtor cultural Bernardo Boëchat, do Rio de Janeiro, se surpreendeu com a quantidade de convites que a página que ele administra no Facebook vem recebendo: cerca de 50 adolescentes por dia, entre 12 e 16 anos, pedem para entrar na comunidade Baleia.
O detalhe é que esses adolescentes não sabem que, no Brasil, a fanpage representa, na verdade, um movimento de empoderamento para pessoas obesas. “Uma enxurrada de gente começou a tentar entrar no grupo, principalmente pessoas muito jovens, por volta dos 16 anos. Começamos a achar isso extremamente bizarro”, diz o rapaz. 

Jogo é disputado por grupos fechados no Facebook e é formado por 50 passos. (Foto: Irandy Ribas)

Depois de tanto recusarem os convites, uma das moderadoras do grupo resolveu entrar em contato com uma das garotas que queria acesso ao grupo, perguntando se ela sabia do que se tratava. A resposta foi enigmática: “Quero participar. Tenho consciência do que quero e pronto. Quero participar e jogar. Não sou nem um pouco acanhada.”
Sem entender nada, a moderadora resolveu voltar a perguntar se a menina sabia do que o grupo se tratava. “De um jogo onde vocês dão as regras e eu faço”. Olhando o perfil da menina, o pessoal da fanpage viu um post em que ela dizia “por favor, alguém me adicione no grupo da baleia azul”.
A inspiração do jogo é uma crença popular segundo a qual a baleia azul seria capaz de se suicidar indo voluntariamente encalhar na praia. O “desafio” consiste em incitar os participantes, geralmente em grupos secretos no Facebook, a completar 50 desafios, que conduzem lentamente à morte.
50 PASSOS
No começo, as tarefas dadas aos adolescentes são mais simples: desenhar uma baleia em uma folha, passar a noite em claro ouvindo música triste ou vendo filme de terror. Depois, elas vão ficando mais perigosas: os participantes são ordenados a tatuar uma baleia no braço, feita com uma faca ou uma lâmina de barbear.
Entre as tarefas, eles também são comandados a insultar os pais, se mutilar nos lábios e, enfim, no 50º desafio, atentar contra a própria vida.
Os participantes dessa prática cumprem uma tarefa por dia. A lista do que fazer é entregue aos poucos por uma espécie de tutor, quase sempre o administrador de uma página secreta no Facebook. A todo momento, eles são avisados de que este é um jogo sem volta. 
Na Rússia, ao menos uma pessoa foi detida por envolvimento nesse esquema suicida. Em alguns casos, quando os adolescentes chegaram à reta final dos desafios, eles trocaram a foto de capa do perfil na rede social por uma imagem de uma baleia azul. 
CAMPANHA
Na França, o temor de que esse jogo viralize entre adolescentes fez o Ministério da Educação enviar e-mails para todos os diretores de escolas, para colocar as unidades em estado de atenção. Por lá, uma campanha foi iniciada chamada #bluewhalechallenge foi iniciada nas redes sociais. “Nenhum desafio merece que você arrisque sua vida”, diz um tweet do governo francês.
SUICÍDIO É TEMA DE SERIADO
Além do jogo macabro, o suicídio está sendo abordado em uma série que virou “febre” no Netflix, o 13 Reasons Why, baseada no romance Thirteen Reasons Why, de Jay Asher. É a história de um estudante que encontra em casa uma caixa contendo sete fitas cassete gravadas por uma colega que tinha se matado. Nas fitas, ela explica a treze pessoas como eles desempenharam um papel na sua morte.
Especialistas advertem que adolescentes são vulneráveis a armadilhas e à depressão, porque estão sofrendo a pressão de sair da infância, das descobertas da vida afetiva e da sexualidade. “Adolescentes precisam de supervisão, o que não significa vigilância”, explica Valeria Christina de Souza, psicóloga especialista em psicoterapia cognitivo-comportamental.
Para a psicóloga Any Carolina Ribeiro Silva, do Colégio Novo Tempo, o seriado chegou muito forte entre adolescentes. “Tanto o seriado e o jogo, ambos têm a temática do suicídio, isso deixa claro o quanto eles (os jovens) não estão sendo ouvidos, estão sendo negligenciados, precisando de afeto e ajuda”.
Valéria frisa que é preciso ficar atento ao comportamento. “Mudanças na alimentação, no sono, isolamento, dificuldade em se concentrar, falar ou pensar com clareza, referir sentimentos de desesperança, culpa, angústia e falar em ir embora”. 

Fonte: A TRIBUNA

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

PASTOR COMETE SUICÍDIO APÓS BRIGAR COM A NAMORADA

 Richard Nhika cometeu suicídio por envenenamento após brigar com a namorada

Um jovem pastor tirou a própria vida por envenenamento e toda a cena foi registrada em um vídeo feito por ele mesmo. O jovem que cometeu o suicídio foi identificado como Richard Nhika, de 38 anos, que é músico e pastor evangélico na cidade Westgate, no Zimbabwe. O suicídio aconteceu após um suposto desentendimento que ele teve com a sua namorada identificada como Nomatter.

"Eu sempre te amarei Nomatter, é por isso que quando eu vi você nunca insultei você ou disse qualquer coisa ruim. Eu decidi morrer junto a esta árvore para que todos possam ver. Este é um veneno real, como você pode ver", disse o jovem antes de beber o veneno.

O jovem ainda foi socorrido e encaminhado para uma unidade médica na cidade, mas após ficar um dia internado no hospital de Parirenyatwa de Harare, Zimbabwe, acabou não resistindo e morreu. Os familiares identificados como Pauline Busu e Nyasha Nhika ficaram chocados com a atitude de Richard, e nunca imaginavam que ele pudesse tirar a própria vida devido o seu passado antes de ser religioso.

Ainda de acordo com os familiares, eles não sabiam da namorada que ele menciona no vídeo, mas, segundo eles, gostariam de conhecer a jovem para que ela pudesse explicar o que teria acontecido de tão grave para ele tirar a própria vida de maneira tão trágica.


"Quando chegamos à cena em que ele cometeu suicídio, encontramos o vídeo em seu telefone em que ele tira sua própria vida. Estamos convencidos que este foi um ataque espiritual que aconteceu com ele porque, em seus sentidos normais, ele não teria feito algo assim. Ele era pastor na AFM Church e estava lançando seu álbum, apresentando Mathias Mhere, Dereck Mpofu e Sharon Manyonganise, e ninguém jamais esperava que ele fizesse tal coisa", disseram seus familiares.


Ainda segundo os familiares, o jovem era uma boa pessoa e nunca demonstrou algum comportamento fora do normal. "Ele estava bem, nunca compartilhou conosco se ele estava enfrentando problemas com alguém; só ouvi falar dele ter mencionado uma senhora chamada Nomatter em seu vídeo", disse Nyasha.


A morte do jovem pastor causou uma grande emoção entre familiares e amigos.



Fonte: blastingnews


Nota: É extremamente lamentável e triste o ato de tirar a própria vida, principalmente quando essa atitude parte de alguém que supostamente conhece a Palavra de Deus, e com agravante quando é por motivo banal e contornável. Nos resta o pesar e as orações para que o SENHOR conforte a família enlutada.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

A SALVAÇÃO NA PERSPECTIVA DO TEMPO

(Foto: Reprodução/Google Imagens)

A salvação é obra de Deus e não do homem. É salvação do pecado e não no pecado. É salvação pela graça divina e não pelo mérito humano. É recebida pela fé e não pelas obras. A salvação foi planejada na eternidade, é executada na história e será consumada no segunda vinda de Cristo. A salvação pode ser analisada na perspectiva do tempo. Quanto ao passado já fomos salvos, quanto ao presente estamos sendo salvos e quanto ao futuro seremos salvos. Quanto ao passado, já fomos salvos da condenação do pecado; quanto ao presente, estamos sendo salvos do poder do pecado; e quanto ao futuro, seremos salvos da presença do pecado. Vejamos esses três tempos da salvação:
Em primeiro lugar, quanto à justificação já fomos salvos. A justificação é um ato e não um processo. É feita fora de nós e não em nós. Acontece no tribunal de Deus e não em nosso coração. Pela justificação, Deus nos declara justos em vez de nos tornar justos. A justificação é completa e não possui graus. Todos os salvos estão justificados de igual forma. A justificação é um ato legal e forense. Com base na justiça de Jesus, o Justo, Deus justifica o injusto sem deixar de ser justo. Seria injusto Deus justificar o injusto. Porém, Deus, é justo e o justificador do que crê. Isso, porque Deus satisfez sua justiça quando entregou seu Filho, o Advogado Justo, para sofrer as penalidades que nós deveríamos sofrer. Deus fez cair sobre ele a iniquidade de todos nós. Agradou a Deus moê-lo. Jesus foi traspassado pelos nossos pecados. Ele foi feito pecado por nós. Ele bebeu, sozinho, todo o cálice cheio da ira de Deus contra nós, pois éramos filhos da ira. Pela morte de Cristo a lei foi cumprida e a justiça foi satisfeita, de tal maneira que, agora, Deus pode ser justo e justificador. Deus considerou satisfatório o sacrifício substitutivo do seu Filho e nos declarou quites com sua justiça. Já não pesa mais nenhuma condenação sobre aqueles que estão em Cristo Jesus, pois o próprio Jesus é a nossa justiça.
Em segundo lugar, quanto à santificação estamos sendo salvos. A salvação já está consumada pelo sacrifício perfeito e irrepetível de Cristo. Diante do tribunal de Deus já estamos salvos. Nossos pecados passados, presentes e futuros já foram tratados na cruz de Cristo. Porém, quanto ao processo da santificação, estamos sendo transformados de glória em glória na imagem de Cristo. Agora, Deus está trabalhando em nós, formando em nós o caráter de seu Filho. Se a justificação é um ato, a santificação é um processo que começa na regeneração e só terminará na glorificação. Se a justificação não tem graus, a santificação tem. Nem todos os salvos estão na mesma escala de crescimento rumo à maturidade. Precisamos, dia a dia, negarmo-nos a nós mesmos. Precisamos de alimento sólido e de exercício contínuo, a fim de fortalecermos as musculaturas da nossa alma. Se Cristo é o nosso substituto na justificação, ele é o nosso modelo na santificação.
Em terceiro lugar, quanto à glorificação seremos salvos. A salvação é um fato pretérito, uma realidade presente e uma garantia futura. Todos aqueles que foram conhecidos por Deus de antemão, foram também predestinados, chamados, justificados e glorificados. Muito embora a glorificação seja um fato consumado nos decretos de Deus, há de historificar-se apenas na segunda vinda de Cristo. Nós, que já fomos salvos da condenação do pecado e estamos sendo salvos do poder do pecado, seremos, então, salvos da presença do pecado. Receberemos um corpo imortal, incorruptível, poderoso, glorioso e celestial, semelhante ao corpo da glória de Cristo. Quando Cristo voltar, em sua majestade e glória, os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro e os que estiverem vivos, serão transformados e arrebatados para encontrarem o Senhor Jesus nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor. Essa expectativa bendita não é apenas uma vaga esperança, mas uma certeza inabalável. Nós que fomos escolhidos na eternidade e chamados eficazmente no tempo, seremos recebidos na glória!
Fonte: Clique aqui.

TRIGÊMEOS APROVADOS EM MEDICINA EM UNIVERSIDADES FEDERAIS



(Foto: Reprodução/Correio)

Trigêmeos de Salvador são aprovados em Medicina em universidades federais

Os irmãos Ingrid, Amanda e Giovanni conquistaram vagas na Ufal e UFRB

Uma tripla felicidade tomou conta da família Calfa. Os trigêmeos Amanda, Ingrid e Giovanni, 18 anos, foram aprovados em cursos de Medicina na última edição do Sisu, cujo resultado foi divulgado na segunda-feira (30). Ingrid e Giovanni garantiram vaga na Universidade Federal de Alagoas (Ufal), já Amanda começará o curso na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).
Ainda muito jovens, os irmãos realizaram um grande feito ao passar no concorrido concurso do Colégio Militar de Salvador (CMS). "Estudávamos em uma pequena escola que pertence a nossas tias, o Colégio Ana Cely, daí tivemos que no esforçar bastante para entrar no CMS", disse Amanda em entrevista ao CORREIO.
Ao passarem no Militar, os irmãos decidiram que aproveitariam ao máximo a chance. "Sempre estudamos muito, o ensino lá é muito bom e por isso não deixamos a oportunidade passar", afirmou Amanda.
Para garantir a vaga nas universidades públicas, os irmãos encararam ao longo deste ano uma dura rotina de estudos. Eles saíam de casa às 5h para assistir às aulas no Colégio Militar e em seguida iam para um cursinho, só retornando para casa às 20h.
"O ensino do Militar é muito bom, mas para ficarmos mais preparados para a prova do Enem decidimos começar um cursinho pré-vestibular", disse Amanda. Ao chegarem em casa, apesar do cansaço do dia a dia, eles ainda arranjavam ânimo para estudar até a meia-noite.
Nunca pensaram em outra coisa
Desde muito cedo que os jovens decidiram que cursariam Medicina. Segundo Amanda, o desejo ficou ainda mais forte quando os irmãos presenciaram o processo de envelhecimento do avô. "No período que antecedeu o falecimento do nosso avô, ele precisou de muitos cuidados, então vemos como é importante a profissão de médico", disse Amanda.
Ela disse ainda que eles nunca pensaram em outra opção de curso. "Quando as pessoas me perguntavam qual era a minha segunda opção, dizia que meu plano B era fazer Medicina em outro lugar. E com a Ingrid e o Giovanni é a mesma coisa", afirmou.
'Faltam palavras para explicar a felicidade', diz 1º colocado em Medicina na Ufba
Amanda disse que a princípio pretende se especialzar em obstetrícia. Enquanto Ingrid que ser oncologista e Giovanni almeja seguir carreira como cirurgião plástico. No entanto, os irmãos sabem que essas opções poderão mudar no decorrer do curso.
Alegria compartilhada
Como se já não fosse bastante, a alegria dos irmãos foi aumentada quando eles descobriram que outros colegas de colégio também haviam passado em Medicina. "Ficamos felizes não só por nós, mas também pelos nossos amigos. Durante o ano era aquele sofrimento porque passamos por muita expectativa e a concorrência é muito", disse Amanda.
Nas redes sociais dos trigêmeos foram muitas as homenagens de parentes e amigos. "Triporgulhosa e quero autógrafo", postou Mariana Boniolo. "Parabéns aos trigêmeos do Colégio Militar de Salvador. Não podia ser diferente. Três excelentes alunos, e atletas do colégio, agora seguirão a mesma profissão. Sucesso em dose tripla!", escreveu Luciana Moraes.
"Só para dizer que estou muito muito feliz por vocês, morrendo de orgulho dos meus primos trigêmeos que passaram juntos para medicina em universidades federais, que correm atrás e que vão ter todo sucesso do mundo", escreveu Maria Cardoso.
Volta para casa
Apesar da grande conquista, os irmãos querem mais. Eles pretendem em breve retornar para Salvador e cursar Medicina na Universidade Federal da Bahia (Ufba). "Nós queremos ficar juntos e cursar aqui em Salvador, por isso vamos tentar o Sisu novamente", disse Amanda.
A jovem contou ainda que por muito pouco não acompanhou os irmãos na Ufal. "Até o último dia estava com a vaga garantida na Universidade de Alagoas, mas na última hora, caí para a lista de espera, mas estou aguardando ser chamada". 

Fonte: CORREIO


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

EIKE BATISTA CHEGA AO RIO E É PRESO PELA POLÍCIA FEDERAL

Eike Batista chega ao Presídio Ary Franco, zona norte do Rio (Foto: Divulgação/UOL)

Por Hanrrikson de Andrade (Do UOL, no Rio)
O avião que trouxe o empresário Eike Batista pousou no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, por volta das 9h50 desta segunda-feira (30). Eike deixou o aeroporto John F. Kennedy, em Nova York (EUA), às 0h45 (horário de Brasília), no voo 973 da America Airlines, para se entregar à Justiça brasileira.
Por volta das 10h27, o empresário chegou ao IML (Instituto Médico Legal), para realizar exames de corpo de delito. O empresário ficou no local por cerca de 30 minutos.
Às 11h20, ele chegou no presídio Ary Franco, zona norte do Rio. O empresário não tem diploma universitário e, por isso, deve aguardar julgamento em uma cela comum.
Ele teve a prisão decretada na quinta-feira (26), no âmbito da Operação Eficiência, segunda fase da Calicute, o desdobramento da Lava Jato no Rio. Considerado foragido pela Justiça, o empresário teve o nome incluído na lista de procurados da Interpol.
Fernando Martins, advogado responsável pela defesa de Eike, disse durante entrevista na entrada do presídio Ary Franco que o principal objetivo agora é preservar a integridade de seu cliente. 
"Ele acabou de chegar e a gente ainda não conseguiu traçar uma linha de defesa. Então, vamos aguardar e conversar com o cliente. Até agora estamos tomando as medidas jurídicas cabíveis no sentido de preservar a integridade física [dele]. Esse é o nosso primeiro objetivo", disse.
O advogado disse que não sabia informar se Eike ficará em uma cela comum. "Não sei detalhe sobre cela comum."

A investigação

Quando o mandado de prisão foi expedido, Eike estava fora do país. A prisão foi decretada após a delação dos irmãos e doleiros Renato Hasson Chebar e Marcelo Hasson, que contaram sobre o pagamento de US$ 16,5 milhões de propina ao ex-governador do Rio ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB).
Segundo a investigação, o pagamento da propina faz parte do esquema usado por Sérgio Cabral e outros investigados para ocultar mais de US$ 100 milhões remetidos ao exterior. Desse valor, repassado em ações da Vale, da Petrobras e da Ambev, apenas 10% já foi recuperado pelo Ministério Público Federal.
Ao decidir pela prisão preventiva de Eike e de mais oito pessoas, o juiz Marcelo Bretas argumentou que havia "a necessidade estancar imediatamente a atividade criminosa".
Além da prisão preventiva de Eike, foram pedidas as prisões do ex-governador fluminense Sérgio Cabral (PMDB), do ex-secretário Wilson Carlos, do ex-assessor de Cabral Carlos Miranda. Também são alvos Luiz Carlos Bezerra, Álvaro José Galliez Novis, Sergio de Castro Oliveira, Thiago Aragão, Francisco de Assis Neto e o advogado Flávio Godinho. Cabral, Wilson Carlos e Miranda foram presos na primeira fase, de 17 de novembro de 2016.
Fonte: UOL Notícias.

sábado, 28 de janeiro de 2017

NÃO PERCA O FOCO, CONCENTRE-SE NO QUE É IMPORTANTE!

Foto: Reprodução/Google Imagens

A vida é feita de escolhas. A todo momento estamos tomando decisões. Algumas delas positivas, outras negativas. Algumas nos impulsionarão, outras nos puxarão para trás. Há escolhas acertadas e escolhas insensatas. Há lutas que merecem nosso empenho; outras que drenam nossas forças. Há batalhas dignas de serem travadas; outras que tiram o nosso foco. Destacaremos aqui, alguns pontos:
Em primeiro lugar, não olhe pelas lentes do retrovisor; olhe para frente. O apóstolo Paulo diz que precisamos esquecer as coisas que para trás ficaram, para podermos avançar para aquelas que diante de nós estão. Se ficarmos sempre olhando pelas lentes do retrovisor, presos ao passado, não sairemos do lugar. Para avançarmos, precisamos nos desvencilhar de todo peso e amarras. Um corredor não pode ter bom desempenho com uma mochila pesada em suas costas. Há pesos que prendem nossos pés ao chão. Há amarras emocionais que nos impedem de caminhar vitoriosamente. Há pendências que adoecem nossa alma e tiram-nos o entusiasmo de viver. Não permita, portanto, que sua alegria seja roubada. Não consinta que sua alma fique presa no cipoal da amargura. Não coloque seus pés no laço do ressentimento. Não entregue sua mente aos devaneios e perturbações. Não terceirize seus sentimentos. Mantenha-se focado no que Deus chamou você para fazer.
Em segundo lugar, não discuta com os críticos, vença os seus gigantes. Quando Davi foi levar provisão para seus três irmãos mais velhos que estavam no campo de batalha contra os filisteus, tomou conhecimento da afronta que Golias impunha aos soldados de Israel. O jovem pastor, corajosamente, se dispôs a enfrentar o gigante. Seu irmão mais velho, Eliabe, irritou-se com Davi. Humilhou-o diante dos soldados de Saul. Tentou achatar sua estima e reduzi-lo à insignificância. Eliabe queria tirar o foco de Davi, mas Davi não o permitiu. Davi não gastou seu tempo nem suas energias com o irmão crítico. Ele tinha uma causa para lutar. Ele tinha um gigante a vencer. Ele tinha um opróbrio a ser tirado de Israel. Ele tinha uma guerra a ser vencida. Se você escutar seus críticos, você perderá a alegria, a paz, o sono, o apetite, o foco.
Em terceiro lugar, não discuta com os inimigos da obra, trabalhe com maior entusiasmo. Quando Neemias chegou em Jerusalém, a cidade já estava há mais de cento e vinte anos debaixo de escombros. O desânimo do povo era imenso. A oposição dos inimigos era esmagadora. A restauração parecia impossível. Neemias, porém, orou a Deus e agiu. Avaliou a situação e convocou o povo ao trabalho. Dispôs o povo nas funções certas, nos lugares certos, com a motivação certa. Os inimigos se levantaram para paralisar a obra. Usaram as mais diferentes armas para atingir Neemias, para enfraquecer o povo e para deter a reforma. Neemias, porém, enfrentou todos os ataques com oração e trabalho. Suportou todos os ataques e críticas com firmeza pétrea. Instou o povo a trabalhar e a vigiar. Quando todos os esforços dos inimigos foram baldados, tentaram a cartada do diálogo. Chamaram Neemias para assentar-se ao redor de uma mesa, mas ele disse: “Eu estou fazendo uma grande obra e não posso descer”. Neemias não perdeu o foco. Ele sabia que a distração podia ser fatal. Ele sabia que a obra de Deus não é para ser discutida, mas para ser realizada.
Em quarto lugar, não discuta a obra, faça a obra enquanto é tempo. Quando Jesus desceu do monte de transfiguração, havia um pai aflito, com um filho endemoninhado precisando de libertação. O pai já havia apresentado seu filho aos discípulos de Jesus, mas eles não puderam curá-lo. Em vez dos discípulos estarem comprometidos com uma agenda positiva de oração e ação, estavam discutindo com os escribas. Em vez de estarem fazendo a obra, estavam discutindo a obra. Em vez de estarem orando e jejuando, buscando poder para fazer a obra, estavam discutindo com os opositores da obra. Na verdade, os discípulos perderam o foco, gastando o tempo com uma discussão infrutífera. Ainda hoje, corremos o risco de perdemos nosso tempo com uma agenda que nada produz para o reino de Deus. Ainda hoje corremos o risco de gastarmos nosso tempo discutindo a obra, em vez de investirmos nosso tempo fazendo a obra. Não perca o foco, concentre-se naquilo que é importante!

A SINGULARIDADE DO EVANGELHO

Foto: Reprodução/Google Imagens

O apóstolo Paulo, o maior bandeirante do Cristianismo, estava saindo de Éfeso rumo a Jerusalém, quando escreveu seu maior tratado teológico, a carta aos Romanos. No introito dessa epístola, tratou do tema principal da carta, a singularidade do evangelho. Já de início demonstrou três atitudes em relação ao evangelho: eu sou devedor (Rm 1.14); eu estou pronto (Rm 1.15); e eu não me envergonho (Rm 1.16).
Por que alguém se envergonharia do evangelho? Primeiro, porque este trata da pessoa de Cristo, o Messias de Deus, que veio ao mundo, nasceu de forma humilde, cresceu numa cidade pobre e morreu numa cruz. Segundo, porque pelo evangelho, o próprio apóstolo Paulo já havia sofrido açoites e prisões. Inobstante a cruz ser escândalos para os judeus e loucura para os gentios; e apesar de todo o sofrimento decorrente da proclamação do evangelho, Paulo destaca a singularidade do evangelho, quando escreve: “Porque não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé” (Rm 1.16,17). Deste texto, extraímos cinco verdades:
Em primeiro lugar, o poder do evangelho. O evangelho é o poder de Deus. Portanto, não há qualquer fraqueza nele, pois Deus é onipotente. O evangelho é a dinamite de Deus para derrubar as fortalezas do coração mais duro. É a força irresistível que desarma a incredulidade mais cega. O próprio Paulo, perseguidor implacável da igreja, mesmo na sua marcha sangrenta de oposição aos cristãos, foi transformado por uma ação soberana e irresistível do evangelho. O evangelho quebra barreiras, derruba estruturas, penetra nos lugares mais fechados e transforma os corações mais rendidos ao pecado.
Em segundo lugar, o propósito do evangelho. O evangelho é o poder de Deus para a salvação. Há poder que destrói e mata, mas o evangelho é o poder que dá vida e salva. O evangelho não é apenas o poder de Deus para a salvação, mas também, o único poder capaz de salvar. A religião, os ritos sagrados, as boas obras ou quaisquer outros expedientes humanos são absolutamente insuficientes para salvar o homem. Só no evangelho há salvação. O evangelho fala das boas novas de Cristo: sua vida, sua morte, sua ressurreição e seu governo. Não há salvação em nenhum outro nome. Só Jesus salva!
Em terceiro lugar, o alcance do evangelho. O evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê e só daquele que crê. O evangelho não é o poder de Deus para a salvação do descrente. Muito embora, a fé não seja a causa meritória da salvação, é sua causa instrumental. Apropriamo-nos da salvação pela graça, mediante a fé. A salvação é oferecida a todos, mas somente aqueles que creem são salvos. Não há aqui qualquer acepção de pessoas, seja de raça, posição social ou estofo cultural. Todo aquele que crê em Jesus é salvo.
Em quarto lugar, a universalidade do evangelho. O evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego. O evangelho é para todos os povos. É universal em seu escopo, pois Jesus morreu para comprar com o seu sangue aqueles que procedem de toda tribo, língua, povo e nação. Não há limitação geográfica nem barreira étnica no evangelho. É endereçado a toda criatura, em todo o mundo, até aos confins da terra.
Em quinto lugar, a eficácia do evangelho. O apóstolo Paulo é enfático, quando escreve: “Visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé”. O homem sendo pecador, jamais poderá ser justificado diante do Deus santo com base em seus méritos pessoais, pois as nossas justiças não passam de trapo de imundícia. Porém, nossas transgressões foram lançadas sobre Jesus e sua justiça foi imputada a nós, para que a justiça de Deus, revelada no evangelho, fosse apropriada por nós, pecadores, pela fé. Então, aquele que crê é declarado justo diante do tribunal de Deus e passa a viver pela fé. Quão singular é o evangelho!

SOLTO VEREADOR QUE POUSOU HELICÓPTERO NA PRAIA

Foto: Divulgação/UOL
Carlos Eduardo Cherem
Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte



O vereador de Belo Horizonte Rubens Gonçalves de Brito (PSDB), o Bim da Ambulância (PSDB), que pousou de helicóptero na manhã desta sexta-feira (27), numa praia de Guarapari (ES), deixou a prisão no início da noite deste sábado (28).

Bim da Ambulância foi preso em flagrante após pousar a aeronave na praia e acusado pela Polícia Civil de crimes previstos no artigo 132 (expor a vida ou a saúde de outrem a perigo) e no artigo 261 (expor a perigo embarcação ou aeronave, própria ou alheia) do Código Penal. Caso condenado nesses artigos, o vereador poderia pegar de três a seis anos e meio de prisão.

Em depoimento à polícia, o vereador explicou que pilotava a aeronave, que havia alugado no aeroporto de Vitória, e o helicóptero não apresentava pane, mas que resolveu pousá-lo para encontrar familiares que estavam na praia. Segundo ele, o local estava vazio. Estavam na aeronave, além de Bim da Ambulância, um passageiro e o outro piloto, cujos nomes não foram revelados.

Para o juiz de plantão da Justiça Federal no Espírito Santo, José Eduardo do Nascimento, que decidiu pela soltura de Bim da Ambulância, não houve risco para a aeronave ou para a manobra de pouso.

Infração administrativa

"A praia (de Bacutia) é grande o suficiente para essa manobra e para aeronaves, como os helicópteros são justamente apropriadas ao pouso em locais pequenos e restritos, ao contrário dos aviões que necessitam de pista de pouso de decolagem", afirmou o magistrado em sua decisão.

"(O pouso) pode configurar infração administrativa a ser apurada perante as autoridades próprias da aviação civil, e não pela Justiça Federal", disse o juiz.

Ainda de acordo com o alvará de soltura, "o fato de colocar a vida de terceiros em risco, pela sua pena de detenção de três meses a um ano, se insere na competência dos juizados especiais".

Preso ontem por volta de 10h de ontem, Bim da Ambulância passou a noite preso na 5ª Delegacia de Guarapari, fez exame de corpo delito no IML (Instituto Médico Legal) no período da manhã, e, no início da tarde, foi transferido para o Centro de Detenção Provisória de Viana, 45 Km de Guarapari, onde permaneceu até se soltou por volta de 19h deste sábado (28).

UOL tentou localizar a defesa do vereador junto à Justiça Federal do Espírito Santo, em Vitória, e a 5ª Delegacia Regional de Guarapari, mas não conseguiu a informação. O gabinete de Bim da Ambulância na Câmara Municipal de Belo Horizonte se manteve fechado e a assessoria de imprensa do vereador, que também não foi localizada, não se manifestou até o momento.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

EXPOSIÇÃO HOMENAGEIA CENTENÁRIO DA SANTA CASA DE ITABUNA

Ampla programação marca semana do centenário da Santa Casa (Foto: Divulgação)

A exposição fotográfica Santa Casa – 100 anos será aberta nesta segunda-feira (23), às 18 h, no Jequitibá Shopping, marcando o início das comemorações pelo primeiro centenário da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

A Mostra, que tem curadoria do jornalista e membro da Irmandade, Ramiro Aquino, reúne 40 imagens e um pouco da história da primeira instituição hospitalar fundada em Itabuna e qual atual fase da instituição.

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna completará no sábado (28) o seu primeiro Centenário. A data será marcada por uma ampla e diversificada programação preparada pela instituição com o apoio de empresários e da sociedade.

PROGRAMAÇÃO

A programa começa com a exposição fotográfica nesta segunda-feira. Na quarta-feira (25), às 16 h, no Hospital Calixto Midlej Filho, ocorre a inauguração da Capela Nossa Senhora das Dores, com Missa celebrada pelo Bispo Dom Ceslau, seguida da reinstalação da galeria em homenagem aos ex-diretores do Hospital.

Na quinta-feira (26), celebração no Hospital São Lucas, às 16 h, e a confraternização dos funcionários, às 19h30, na AABB, com o Protempo – Homenagens a 30 funcionários com mais de 30 anos de casa e em atuação, além de 20 outros ex-funcionários certificados na Homenagem A História dentro da História.

Na sexta-feira (27), também às 16 h, no Hospital Manoel Novaes, haverá a inauguração das obras de requalificação do Centro Cirúrgico, seguida da entrega da Brinquedoteca e Solarium Irmã Creuza Wanderley, pelas Irmãs Auxiliadoras, que aproveitarão a data para inaugurar a sede oficial do grupo. Ainda neste dia, será inaugurada a galeria dos ex-diretores do Hospital Manoel Novaes.

A programação será encerrada no sábado, às 20 h, no Clube AABB, onde haverá a Solenidade de Outorga da Comenda Monsenhor Moysés Gonçalves do Couto, honraria que, desde 2010, homenageia personalidades que contribuem para a consolidação da instituição. Nesse ano, a atual provedoria decidiu pela criação da Medalha Calixto Midlej Filho, que diferente da Comenda, homenageia seguimentos com notória atuação em favor da Santa Casa.

Na mesma noite haverá o Lançamento do novo livro do médico João Otávio Macedo, com o título “Centenário Santa Casa de Misericórdia de Itabuna – Um século de bons serviços”, editado pela A5Editora.


MAJOR DA PM PODE TER COMETIDO SUICÍDIO EM ILHÉUS


Foi com muito pesar que recebi nesta manhã a notícia da morte do Major PM Manoel Reinaldo Alves Neto. O Oficial estava lotado na CPE e era considerado uma pessoa muito boa e tranquila. A primeira hipótese é a de que o Major tenha cometido suicídio, mas a causa da morte ainda está sendo investigada pela polícia.

Que Deus conforte toda a família enlutada, neste momento de muita dor e tristeza!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

SÍNDROME DE BURNOUT: PASTORES QUE ABANDONAM O MINISTÉRIO

Foto: Reproduçao/Google Imagens

A saúde dos líderes pastorais tem sido colocada em cheque constantemente por uma série de males que têm acometido vários pastores nos últimos dias. Os pastores lutam com desafios espirituais em sua essência, mas, não se limitam a estes. Como sujeitos “bio-fisio-psico-socio-espirituais” lidamos o tempo todo com outros indivíduos que mantém a mesma complexidade. Desta dinâmica de relacionamentos uma série de males pode emergir.

Dentre as doenças que têm sido diagnosticadas existe uma sobre a qual eu nunca havia ouvido falar até pouco tempo. É a chamada “Síndrome de Burnout”, um mal que parece ter sido feito sob medida para os líderes pastorais que tem na ministração a outros a sua marca de trabalho.

Pregar, ensinar, liderar, aconselhar, visitar, consolar, encorajar, corrigir, planejar, mediar etc. São tarefas que têm tudo a ver com a possibilidade do líder sofrer desta síndrome. Já foi constatado em pesquisas que os profissionais expostos a altos níveis de estresse e aqueles que trabalham em funções em que precisam se doar mais como pessoas são os que mais apresentam este mal.

Os pastores têm todo o perfil para serem vítimas comuns dessa síndrome. Podemos traduzir a palavra “burnout” como “combustão completa”, ou seja, algo queimado totalmente.

Psicologicamente falando este termo se aplica a uma situação de completa exaustão e entrega ao desencorajamento. Este termo pode ser aplicado ao pastor quando este se vê “queimado” com reflexos espirituais, emocionais e físicos. Este mal é terrível e infelizmente temos de constatar que muitos colegas já estão sofrendo dele. Há muitos líderes “queimados”, que já há muito tempo têm revelado sintomas dessa síndrome, talvez eles mesmos não notem, mas quem está ao seu redor sim!

Outro dia atendi um pastor de outra denominação no gabinete que chegou apresentando exatamente os sintomas dessa síndrome. Ele chegou ao ponto de dizer que, em determinados momentos, tinha vontade de jogar o carro no poste. Graças a Deus hoje ele está bem. Nenhum pastor está livre disso.

Quais são os sintomas dessa síndrome? Segundo estudiosos os principais sintomas são:

1) Exaustão emocional com uma profunda falta de estímulo profissional. As perspectivas se perdem, os sonhos são abandonados e a ansiedade ganha espaço.

2) Despersonalização com uma insensibilização diante de tudo e de todos ao redor. O pastor veste uma couraça de auto-proteção diante das tensões interpessoais e circunstâncias do dia-a-dia laboral.

3) Perde-se a capacidade de produzir criativamente e as tarefas que ainda continuam sendo feitas se transformam em simples obrigação e rotina.

4) Apresenta comportamento agressivo e irritadiço sem motivo aparente e um mau humor freqüente.

5) Sentimento de baixa realização e desencorajamento profissional com uma avaliação muito negativa sobre si mesmo.

6) Sentimento de derrota e abatimento também são comuns. 

7) Além disso tudo, ainda pode surgir a depressão.

Pela natureza do trabalho, os pastores estão na linha de frente daqueles que podem sofrer da “Síndrome de Burnout”. Um pastor acometido dessa síndrome irá gerar problemas para si mesmo, para sua família e para as pessoas a quem tem de ministrar.

Como podemos buscar prevenir este mal? Penso que não uma, mas muitas ações são indicadas para prevenção:

1) descanso freqüente;

2) um sono reparador;

3) a prática de um hobbie ou esporte saudáveis e contínuos;

4) uma alimentação correta;

5) uma saúde em dia;

6) uma visão de si mesmo equilibrada;

7) a manutenção de expectativas realistas em relação si mesmo e ao ministério;

8) o compartilhar contínuo de fardos;

9) uma vida devocional coerente;

10) o desenvolvimento de amizades verdadeiras;

11) uma divisão mais eqüitativa de horários;

12) a quebra eventual da rotina de vida;

13) o não acumulo de emoções negativas;

14) mudanças na vida sempre que possíveis e necessárias;

15) o desfrutar de aspectos mais simples da vida como um abraço de um filho;

16) o carinho da esposa e o sorriso de um amigo leal;

17) uma caminhada em um local tranqüilo;

18) uma leitura por prazer, etc.

Tudo isso pode cooperar. Se você percebe que está sofrendo desse mal, não se desespere, procure ajuda, há cura. Não tenha vergonha de abrir o coração com alguém que de fato possa lhe ajudar neste momento. Sua vida é muito preciosa para ser “queimada”.

Talvez a pior conseqüência da “Síndrome de Burnout” seja a possibilidade de nos levar a perder a capacidade de descansar no Senhor, mas é aí que reside a base para a prevenção e a cura desse mal.

Se como pastores estamos na linha de frente para sermos pegos por este mal, por outro lado, temos ao nosso dispor o maior recurso do universo para sermos sarados - a mão de Jeová-Rafa estendida em nossa direção. Que ele nos abençoe, nos guarde e nos cure.


"Síndrome de Burnout é um distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso, definido por Herbert J. Freudenberger como "(…) um estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional". A Síndrome de Burnout (do inglês to burn out, queimar por completo), também chamada de síndrome do esgotamento profissional, foi assim denominada pelo psicanalista nova-iorquino, Freudenberger, após constatá-la em si mesmo, no início dos anos 1970.
A dedicação exagerada à atividade profissional é uma característica marcante de Burnout, mas não a única. O desejo de ser o melhor e sempre demonstrar alto grau de desempenho é outra fase importante da síndrome: o portador de Burnout mede a auto-estima pela capacidade de realização e sucesso profissional. O que tem início com satisfação e prazer, termina quando esse desempenho não é reconhecido. Nesse estágio, necessidade de se afirmar, o desejo de realização profissional se transforma em obstinação e compulsão."


Fonte: Instituto Jetro via Sou da Promessa


SEIS CONSELHOS PARA A ESPOSA QUE TEM MARIDO COMPLICADO

Foto: Reproduçao/Google Imagens

Volta e meia eu ouço uma esposa dizendo: Meu marido é muito complicado, já não sei mais o que fazer para ajudá-lo em seus comportamentos e atitudes. Minha vontade as vezes de larga-lo, abandoná-lo e seguir minha vida. 

Pois bem, pensando ajudar essas mulheres resolvi escrever seis conselhos bíblicos para as esposas que possuem maridos complicados.

1- Ore por ele - Mateus 7:7-8;21-22; Marcos 11:24

2- Seja paciente - Romanos 12:12; Gálatas 5:22; Salmos 37:7-9

3- Acredite na mudança - Romanos 12:13; 15:12

4- Continue amando, mesma que as circunstâncias lhe digam para desistir - I Corintios 13

5- Não brigue por tudo. A mulher sábia sabe falar na hora certa - Provérbios 18:21; 15:01; Tiago 3:1-14

6- Seja sábia  em suas posturas, falas e decisões - Provérbios 14:01;  21:19

Pense nisso!